Dead Kennedys
Foto por Christy Borgman

Nos últimos dias os Estados Unidos estão passando por um turbilhão político sem precedentes em sua história.

O atual presidente da república, Donald Trump, não aceitou a derrota para Joe Biden nas eleições e convocou seus apoiadores para um comício nos Estados Unidos que acabou com a invasão violenta do Capitólio e 5 pessoas mortas.

Quem entrou na história toda acabou sendo a lendária banda punk Dead Kennedys e, aparentemente, nem foi através dos seus integrantes.

Dead Kennedys, Política e Jello Biafra

Como a gente tinha falado por aqui, a banda foi extremamente criticada por seu ex-vocalista, Jello Biafra, após as contas oficiais nas redes sociais elogiarem o senador Mitt Romney, republicano e conservador.

No Twitter, o Dead Kennedys fez o mesmo com o também republicano Lindsey Graham, mas agora o grupo californiano disse que na verdade quem publicou as mensagens foi a pessoa responsável pelas redes sociais, o famoso social media.

Ao falar a respeito do assunto, o guitarrista East Bay Ray afirmou:

Para deixar claro, nem eu nem o [vocalista] Skip tivemos qualquer coisa a ver com um tweet recente do DK. Mas caramba, por que alguém deveria se incomodar com um discurso anti-Trump e pró-democracia, mesmo que tenha vindo de um idiota?

A conta oficial da banda deu RT no tweet do músico e falou:

O Tweet de ontem representou unicamente a visão do responsável pelas mídias sociais, e não da banda, que não foi consultada. Como todos que estavam assistindo aos eventos se desenrolando ontem, foi legal ver os ratos abandonando o barco

Ouch.

 
Compartilhar