Jair Bolsonaro e Fabio Porchat
Fotos via Wikimedia Commons e Reprodução/YouTube

O programa Roda Viva sempre rende boas conversas e o convidado mais recente por lá foi o ótimo Fabio Porchat, que ganhou fama com o Porta dos Fundos e desde então se tornou personalidade recorrente na TV brasileira.

Em uma entrevista recheada de bons momentos, um acabou viralizando com mais força por motivos óbvios. Falando sobre como devem ser feitas as críticas ao atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, Porchat argumentou que as pessoas não conhecem palavras como “genocida” e “fascista”.

Por isso, segundo ele, o brasileiro que quer atingir não apenas a população de forma geral como também o próprio mandatário tem que estar disposto a “se rebaixar ao nível dele” e, para exemplificar como fazer isso, falou:

Não tem que falar que o Bolsonaro é genocida. Tem que falar, ‘O Bolsonaro tem pau fino’, porque daí chega nele.

O humorista ainda compara o ato de debater com pessoas como o presidente com uma discussão com seu sobrinho, uma criança que se recusa a ouvir qualquer crítica se não envolver gritos ou castigos.

Você pode ver toda essa fala de Fabio pelo vídeo abaixo, a partir da marca de 1:45.

Fabio Porchat e #BolsonaroTemPauFino