Porta dos Fundos em
Divulgação

Porta dos Fundos não vai mudar para agradar as instituições religiosas.

Depois de criar polêmica com o especial de Natal A Primeira Tentação de Cristo (2019) que retratava uma situação em que Jesus Cristo (Gregório Duvivier) era um homem gay, o grupo humorístico repetirá a dose em 2020 com Teocracia em Vertigem.

Paródia do documentário Democracia em Vertigem, de Petra Costa, que trata do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e concorreu ao Oscar neste ano, a nova produção parece estar focada em contar “a verdadeira história por trás do golpe que levou à crucificação de Jesus Cristo”.

O roteiro é de Fábio Porchat, e segundo o UOL serão mais de 25 “depoimentos” de figuras bíblicas — inclusive os apóstolos de Cristo — falando sobre o tal golpe que crucificou o ícone religioso.

Ainda não há data confirmada para o lançamento.

Porta dos Fundos e polêmicas com especial de Natal

Vale lembrar que as polêmicas com A Primeira Tentação de Cristo envolveram até mesmo um ataque à sede da produtora no Rio de Janeiro, cujo autor foi preso pela Interpol agora em Setembro.

Também surgiram diversos processos contra o Porta por meio de instituições religiosas e até políticos, mas até agora, pelo menos, não houve nenhuma derrota para o grupo. Uma das instituições, inclusive, saiu dessa “brincadeira” com uma dívida de R$82 mil por ter requerido R$1 bilhão em indenizações.

Por outro lado, devido aos problemas com a Justiça, a Netflix encerrou a parceria com o Porta dos Fundos e Teocracia em Vertigem será lançado pelo próprio canal dos humoristas no YouTube, com mais de 16 milhões de inscritos.

TMDQA! SPOTLIGHT: assine a Newsletter oficial e gratuita do TMDQA! agora mesmo

Lançamentos da semana, Charts, textos exclusivos e muito mais: assine agora mesmo clicando aqui ou inserindo seu e-mail na caixa abaixo.

Compartilhar