Chaves deixa o SBT após quase 40 anos
 

Triste notícia para os fãs de Chaves e suas séries derivadas.

O canal brasileiro SBT emitiu um comunicado dizendo que não poderá mais exibir episódios de Chaves e Chapolin por causa de um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias.

De acordo com Flavio Ricco, do R7, a questão toda está entre o canal Televisa, dono dos direitos, e a empresa Chespirito, que é dona dos textos e cuida das obras relacionadas ao universo de Chaves.

O compromisso com esta acabaria em 31 de Julho e já haveria acordos verbais para renovação, mas a coisa complicou e a partir de amanhã (01 de Agosto), os episódios já não poderão mais ser exibidos.

Quem está à frente da Chespirito é Roberto Gómez Fernandez, filho do saudoso Roberto Gómez Bolaños, e há relatos de que ele estaria negociando os direitos da obra do seu pai com alguma plataforma de streaming.

Entre boatos e poucas informações, fala-se na possibilidade da Netflix ou até mesmo na criação de uma plataforma própria para transmitir e comercializar os episódios de Chaves.

Chaves no Brasil

Vale lembrar que o canal da TV paga Multishow também vinha transmitindo episódios de Chaves e Chapolin, mas a decisão vale para todos, já que a “fonte” é a mesma, o que significa que pela primeira vez em quase 40 anos a TV brasileira ficará sem a transmissão de episódios do simpático personagem mexicano.

Comunicado do SBT

São Paulo, 31 de julho de 2020 – A partir deste sábado, 01 de agosto, o SBT deixará de exibir o seriado Chaves. A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira (29/07), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias. A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/07/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou a apenas poucos dias do fim do contrato. O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente.

 
Compartilhar