Twitter e as mensagens de áudio
Foto Stock via Shutterstock
 

O Twitter passou por maus bocados nesta quarta-feira (15) e teve que tomar medidas drásticas.

Diversas contas verificadas e com milhões de seguidores, como as de Elon Musk, Kanye West, Barack Obama, e muito mais, foram hackeadas e repassaram um golpe de bitcoins através de tweets. Empresas como a Apple, Uber, Amazon e outras também entraram no balaio.

Nos tweets, as personalidades “pediam” aos seus seguidores que enviassem bitcoins para um endereço seguro, prometendo que o dinheiro devolvido seria o dobro (!) da quantia. Obviamente, era mentira.

De acordo com a CoS, mais de 100 mil dólares foram arrecadados por essa conta “fantasma”, mesmo com os tweets deletados em questão de minutos. De acordo com alguns usuários, porém, o estrago poderia ter sido muito maior do que um simples golpe com pouca credibilidade.

Silêncio dos verificados

Para tentar conter o ataque, o Twitter chegou a bloquear por algumas horas todas as contas com o selo de verificação na plataforma. Apesar de conseguirem interagir através de RTs e likes, os perfis não conseguiam publicar nada.

A situação já foi normalizada.