Foto: Reprodução / Youtube
 

O dia dos namorados é só amanhã, mas é importante sempre falarmos sobre o amor. Por sinal, já reparou que podemos afirmar com certeza que uma porcentagem significante das músicas modernas no mundo fala, pasmem, sobre o amor?

O sentimento sempre se mostrou uma boa referência lírica para compositores exercerem sua criatividade. Afinal, o amor inspira. O amor transforma. O amor salva. Mas, dito isso, convidamos vocês a uma reflexão: o que é o amor? A pergunta, que parece boba a princípio, não tem uma resposta óbvia, mas muitos já deram suas contribuições sobre o assunto.

Um dos pensadores modernos a levantar esse questionamento foi o músico Haddaway em seu primeiríssimo hit, intitulado “What Is Love“. Lançada em 1993 em meio à efervescência do eurodance, a canção fez muito sucesso e continua sendo constantemente relembrada por aí.

Separamos abaixo algumas curiosidades sobre a música. Prepare-se para dançar apaixonadamente!

 

O poeta

Apesar de ser um nome consagrado no eurodance, um movimento essencialmente europeu, Nestor Alexander Haddaway nasceu, na verdade, em Trinidad e Tobago. No entanto, cresceu morando nos Estados Unidos (não, também não é Europa). Sua vida artística só deu sinais a partir de 1987, quando passou a viver na Alemanha (agora sim!).

Antes do sucesso, ele formou uma banda chamada Elegato e só em 1992 surgiu o projeto Haddaway, com a dupla de produtores Dee Dee Halligan e Junior Turello (que, por sinal, compuseram o hit do qual estamos falando hoje).

Vale citar que o projeto continua na ativa até hoje, tendo lançado seu mais recente disco, Gotta Be, em 2011.

Capa de "What Is Love" (Haddaway)
Foto: Divulgação

 

A poesia

Lançada em 1993, “What Is Love” ganhou muitos ouvintes por dois motivos principais: a envolvente base instrumental e a grudenta letra. Em 2015, o Flavorwire dirigiu o questionamento do título da canção para Haddaway. A resposta foi mais complexa do que você pode imaginar.

As pessoas sempre me perguntam sobre o que eu queria dizer com essa música. Acho que o amor precisa ser definido por cada um de sua própria maneira. É algo único e individual. Para mim, tem a ver com sinceridade, honestidade e dedicação.

 

Reflexão pós-desilusão amorosa

Apesar de ser uma música “pra cima”, “What Is Love” é uma canção triste quando reparamos em sua letra. A desilusão sofrida pelo eu-lírico é motivo para dor. Apesar dele dar tudo de si pela relação (“we are together, I need you forever”), seu interesse amoroso não dá o mesmo em troca (“I give you my love but you don’t care”).

Desculpem-nos por “estragar o clima”, mas a música permanece sendo boa mesmo assim.

 

Saturday Night Live

Se você é familiar com o universo da internet, provavelmente você já se deparou com memes semelhantes a este:

Mas nada surge por acaso, e a regra se aplica também a esta brincadeira. Tudo começou em 1996, no popular programa de comédia Saturday Night Live. Em uma série de esquetes intitulada “The Roxbury Guys”, os atores Chris Kattan e Will Ferrell interpretavam dois personagens festeiros em suas vidas noturnas, em uma clara sátira à cultura das boates. Um de seus mais populares bordões estava resumido a balançar a cabeça, dentro de um carro, ao som de “What Is Love”.

A escolha fez sentido. Aliás, os clubes dos anos 90 foram completamente dominados pelo eurodance. A brincadeira do carro é constantemente lembrada até hoje, elevando ainda mais a popularidade de uma música que já era um fenômeno antes.

O quadro fez tanto sucesso que desencadeou em um filme em 1998, intitulado “A Night at the Roxbury” (criativamente traduzido no Brasil como “Os Estragos de Sábado à Noite”) e estrelado pelos mesmos atores.

 

Precisamos falar sobre o clipe

Graças ao SNL, precisamos automaticamente fazer movimentos ritmados com a cabeça toda vez que ouvimos o maior hit do Haddaway. Mas sabia que existe um clipe original? Qual terá sido a contribuição dele para a narrativa da música?

Quase nenhuma. Quer dizer, hoje pode parecer até um pouco inusitado falarmos que o clipe de “What Is Love” envolve um castelo mal-assombrado e vampiras. Mas agora fica mais clara a ideia do defensivo verso “don’t hurt me no more”.

Confira com os próprios olhos:

 

Uma das melhores músicas dançantes dos anos 90

Podemos dizer que os anos 90 serviu como um grande campo de experimentações para música eletrônica que conhecemos hoje. E o eurodance foi um dos carros-chefes nesse desenvolvimento.

Ao fim da década, vários veículos que cobrem o mundo da música perceberam esse fenômeno e criaram listas das melhores músicas dançantes lançadas no período. Todas elas colocam “What Is Love” dentre as mais prestigiadas posições.

O levantamento do BuzzFeed, por exemplo, destacou a canção na 11ª posição dentre 101 escolhas. Enquanto isso, a Vibe deu a 4ª colocação e o Idolator deu a 5ª. Também foi destaque em veículos como MTV Dance e Complex. As listas também deram destaque para outros hits da época, de nomes como Aqua, Eiffel 65, Cher e Corona (sobre a qual já falamos aqui).

 

Outras versões

Este atemporal hit já ganhou diversas versões ao longo dos anos, dentre remixes e releituras. Dentre os artistas que já prestaram essa homenagem, estão o DJ Lost Frequencies e o artista israelita Sagi Rei.

Mas precisamos dar destaque para a versão da cantora canadense Kiesza. Conhecida por estar inserida no universo da música house (uma das bases do eurodance), ela fez sucesso mundial, em 2014, com “Hideaway“, uma canção tão vibrante quanto “What Is Love”.

No entanto, ao fazer sua releitura de Haddaway, a cantora optou por uma versão mais intimista e calma. Desta vez, a triste mensagem da letra ficou ainda mais clara.

 
 
Compartilhar