PC Siqueira, Cauê Moura, Rafinha Bastos, Dfideliz
 

Dfideliz, rapper brasileiro conhecido como um dos expoentes do trap, dirigiu duras palavras aos Youtubers Rafinha Bastos e PC Siqueira.

Isso porque há cerca de um mês os dois estiveram em mais um episódio do canal Ilha de Barbados, que apresentam ao lado de Cauê Moura, chamado “TRAP NEM É MÚSICA”.

Por lá, eles fizeram várias críticas ao estilo, inclusive com PC Siqueira dizendo que ele é uma moda “que vai dar vergonha” lá na frente, assim como foi o “rock colorido” de bandas como Cine e Restart.

Rafinha Bastos, por sua vez, também criticou o gênero e disse que é fã de Hip Hop, revelando que quando era moleque “queria ser negão”, porque jogava basquete e era fã de Rap.

Além disso, “queria ter aquele cabelinho quadradinho” mas “nunca pôde porque o cabelo sempre foi liso”.

Vídeo de Dfideliz

Há algumas horas, Dfideliz publicou trechos do programa em seu Instagram Stories e logo depois fez uma série de declarações por lá.

Ele abriu falando que “essa bosta” (como o canal se referiu ao gênero) lhe deu uma casa e permitiu que ele comprasse uma casa para a mãe.

Além disso, ainda fala sobre como as atitudes principalmente de Rafinha Bastos teriam sido racistas e diz que eles criticaram o trap porque é uma maneira que não foi inventada pelos brancos mas possibilita que os pretos ganhem dinheiro.

Ao falar sobre Siqueira especificamente, o rapper disse que o cara “o chupa há 3 anos”.

Você pode assistir logo abaixo.

Continua após o vídeo

 

Resposta de PC Siqueira

Em sua conta oficial do Instagram, PC publicou um Story dizendo que entrou em contato com Dfideliz para trocar uma ideia nas mídias, já que “gosta de aprender e é errando que se aprende”.

Em outra postagem, ele apareceu dizendo que “quem sabe um dia se torna o homem perfeito”, e pediu desculpas.

PC Siqueira responde Dfideliz

 

Resposta de Rafinha Bastos

Rafinha Bastos também já se pronunciou a respeito usando a sua conta no Twitter.

Por lá, reforçou seu posicionamento dizendo que não se trata de racismo e que continua achando que “trap é uma bosta”:

Tô em 1º nos tts. Pq? Desencavaram um vídeo do Ilha de Barbados em que eu falo que TRAP é uma bosta. Tem artista me chamando de racista. No mesmo vídeo eu falo do meu amor pelo hiphop e ainda cito artistas que sempre curti.

Não curto tua música. Onde ta o meu racismo? Não falei mal dos artistas e nem da luta deles… até pq seria hipocrisia minha: Eu mesmo montei apartamento e alimento minha família com uma arte de qualidade bastaaaante questionável.

A luta contra o racismo é vital, mas não se deixe enganar por aproveitador que quer ser protagonista apontando o dedo pro lugar errado. Uma merda eu ter que me defender num momento em que o foco devia estar em outro lugar. Eu não sou racista E TRAP É UMA BOSTA! Forte abraço.

 
Compartilhar