Audiovisual
Foto: reprodução
 

Todo mundo sabe que a pandemia do coronavírus, infelizmente, vem matando milhares de brasileiros e também causando uma grave crise econômica no país por causa da quarentena recomendada pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Enquanto o Brasil soma seus mortos a cada dia e as medidas das autoridades políticas não se tornam eficazes, diversos setores paralisaram sua força de trabalho desde o início da contaminação pela Covid-19, em Março.

Passados dois meses de isolamento social, ninguém sabe quando poderá sair para trabalhar novamente. Mas existe uma certeza: a quarentena é mais do que necessária. Não importa o que governantes digam, ficar em casa neste momento salva vidas, e muitas.

Para reafirmar a necessidade do distanciamento e ao mesmo tempo deixar uma mensagem de conforto para sua classe trabalhadora, o diretor e roteirista Fábio Brandão produziu e editou um vídeo que retrata o sentimento atual de quem trabalha com o audiovisual no Brasil.

Nele, aparecem a apresentadora Ana Clara Lima, que participou do BBB18, o ator André Ramiro, que interpretou o personagem Matias nos filmes Tropa de Elite 1 e 2, a CEO da SLK Comunicação, Roby Amaral, que dirige o canal no YouTube do Cid Moreira, e a diretora artística Bia Oliveira, entre muitos outros colegas.

“Este é um carinho na minha galera, nos meus amigos, nos parceiros que escolhi nessa caminhada. Viva o audiovisual! Viva a arte! Vai passar!,” comenta Fábio, que puxou a hashtag #euamooquefaço.

O futuro como fica?

O cineasta, que recentemente foi premiado no cenário independente com o curta Delphine (2019), acredita que, ao compartilhar e passar adiante o vídeo, as pessoas podem demonstrar seu apreço por essa turma que transporta tantos sonhos para a tela, fazendo estes profissionais voltarem a sonhar por todos nós.

Assim está formada uma rede de suporte e valorização desta indústria que tanto já serviu para criar conteúdo de qualidade, e que nos oferece durante a quarentena diversas opções de entretenimento ao toque de um controle remoto. Fique bem, fique em casa.