Headphones streaming

O streaming de música está passando por momentos complicados durante esta época de quarentena. Contrário aos achismos, como te contamos por aqui, as plataformas enfrentaram várias quedas enquanto a galera está em casa por conta do coronavírus. Agora, porém, a história está mudando.

Um estudo da Deezer, uma das maiores plataformas de música, explica que o streaming está, na verdade, passando por adaptações e continua vivo. Enquanto a falta de movimento das pessoas pelo transporte impactou nos números, os ouvintes agora estão migrando suas preferências e até as rádios se beneficiaram nisso.

Podcasts sobre família e vida em casa também estão aumentando seu público e, com isso, as pessoas estão usando cada vez mais dispositivos domésticos — serviços como Chromecast e mais.

Aurélien Hérault, Chief Data & Research Officer global da Deezer, disse:

Com o distanciamento social que estamos enfrentando neste momento, todos estão se adaptando a uma vida totalmente nova. É preciso manter os seus filhos entretidos, manter a boa-forma, a saúde mental e, ainda por cima, equilibrar trabalho e tempo pessoal – tudo isso sem sair de casa.

Além disso, os horários e dias de pico nas plataformas mudaram. Ainda como informa a Deezer, o streaming tem ganhado mais força aos sábados e, durante a semana, na faixa das 9h e 10h — antes o horário mais forte era às 7h.

Streaming de Música

Outras fontes consultadas pelo TMDQA! também falaram sobre os novos hábitos da pessoa em era de pandemia.

Um dos dados curiosos é que há uma procura bem maior por lançamentos antigos, já que a ideia é voltar a ouvir canções e discos que são conhecidos, nos trazem conforto e nos levam a tempos mais fáceis.

E você, como está consumindo conteúdo agora?

LEIA TAMBÉM: Coronavírus cancela Big Brother Canadá e vídeo mostra participantes em choque

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar