Roberta Campos
Foto: divulgação
 

A cantora Roberta Campos lançou, pela gravadora Deck, o clipe para a música “Vem me Buscar”, com participação especial do Olodum. O vídeo com direção de Alisson Louback foi gravado em Salvador e capta a energia que a capital baiana emana durante o verão e o Carnaval.

As datas de filmagem do clipe coincidiram com o dia de Iemanjá, muito celebrado na Bahia, e as gravações aproveitaram a descontração na Casa do Olodum e no Pelourinho. Nas imagens, Roberta também aparece cantando durante o tradicional ensaio carnavalesco do grupo.

Os integrantes do Olodum que estão no vídeo são Gilmário Marques, Arayê, Elpídio Bastos, Andreia Reis e Gel Santos tocando percussão. Davi Moraes (guitarra), Alberto Continentino (baixo) e Cesinha (bateria).

Samantha Luz

Samantha Luz
Reprodução/Facebook

A cantora e compositora Samantha Luz liberou no YouTube o clipe para a canção “Sagrado Feminino”. O vídeo foi gravado nas cidades de Belo Horizonte e Cordisburgo, interior de Minas Gerais, e fala sobre a essência sagrada feminina que existe em todos nós.

A música traz uma sonoridade moderna que combina instrumentos antigos, como a moringa, com sintetizadores e controladores midi. Em “Sagrado Feminino”, Samantha busca discutir e fomentar o valor do feminino na sociedade.

“A intenção é promover um maior respeito para com as mulheres e uma relação de contemplação ao sagrado feminino, através da representação da natureza e dos elementos que são fontes criadoras de vida”, diz a artista.

Illy

Illy
foto: divulgação

Através do selo Alá, em parceria com a Altafonte, a cantora Illy lançou nas plataformas digitais a faixa “Querelas do Brasil”, gravada por Elis Regina em 1978.

“Trouxe Elis para a Bahia com um arranjo de samba reggae, bem verão, que ficou
com a cara do meu som,” conta Illy sobre sua interpretação.

“Diante de tantos absurdos falados, palavras malditas e descaso com nosso país, ‘Querelas do Brasil’, composta há mais de 40 anos por Aldir Blanc e Maurício Tapajós talvez seja a canção mais atual do carnaval deste ano”, completa.

André Maçaneiro

André Maçaneiro
foto: divulgação

O cantor e compositor catarinense André Maçaneiro lançou recentemente nas plataformas de streaming o EP Distance. O compacto, com influências do folk inglês e da MPB, é composto por cinco faixas intimistas e melancólicas. Nascido e criado em Florianópolis, o artista expressa sensibilidade ao retratar o tema do trabalho.

“‘Distance’ é o meu primeiro trabalho autoral, construído de maneira simples mas que tem um significado especial pra mim. Nesse projeto, a palavra ‘distance’ pode ser interpretada em diferentes contextos, seja a distância entre nós e a nossa essência, a saudade de lugares e pessoas especiais ou a necessidade de estar distante de tudo e de todos”, afirma André.

Arruda

Arruda
foto: divulgação

Residente na Europa desde 2001, o cantor e compositor Daniel Arruda lançou digitalmente o álbum Sêmente. O disco, que pode ser ouvido aqui, marca um recomeço na trajetória profissional do artista, que retorna a à música autoral e à carreira solo.

No dia 22 de Março, Sêmente será lançado no Psicotrópicos Festival, evento de cultura brasileira realizado em Berlim, na Alemanha. Esta edição trará as participações de Drika Barbosa, MC Tha, Héloa, entre outros referências da música.

“Berlim é um caldeirão cultural, com gente do mundo inteiro. Mas, mesmo morando longe da minha terra, ela não sai de mim. A minha música foi se misturando às minhas novas experiências e, por isso, digo que é mundialmente brasileira.” comenta Arruda.

No Brasil, o lançamento oficial do álbum vai acontecer em meados de Junho.