Kurt Cobain e Os Mutantes
Reprodução/YouTube
   

1993 foi um ano histórico para o rock no Brasil, já que tivemos a primeira (e única) passagem do Nirvana por aqui.

Muitas histórias, boas e ruins, surgiram dessa visita. Ouvimos falar bastante das infames performances da banda e até dos rolês de João Gordo, mas uma que geralmente passa despercebida envolve Os Mutantes.

Pouco antes da chegada ao Brasil, Bill Bartell (do White Flag) apresentou o som dos tropicalistas ao líder do Nirvana. A paixão foi instantânea, como ele explica em um papo com Zeca Camargo:

Eu tenho um respeito muito grande por eles, eu só não estou muito familiarizado com eles porque eu acabei de começar a ouvir. Mas pelo que li sobre eles, eles foram muito revolucionários. Tipo, eles faziam seus próprios efeitos, eles faziam seus próprios fuzz boxes [um tipo de distorção de guitarras]. E eles eram muito controversos também, o que mostrava que eles tinham muita coragem. Fazer esse tipo de coisa durante o regime militar, eu acho isso legal demais.

Continua após o vídeo

Kurt Cobain, Sean Lennon e Os Mutantes

Outro músico que é fã declarado da banda brasileira é Sean Lennon, filho de John Lennon, uma das grandes influências dos Mutantes. No documentário Loki – Arnaldo Baptista, ele diz:

Eu não sabia que havia uma banda como Os Mutantes no mundo. Foi um dos melhores discos que eu ouvi na vida.

No mesmo filme, Bill Bartell mostra que a admiração de Cobain ficou tão grande que ele chegou a escrever um bilhete para Arnaldo Baptista. Supostamente, o ícone do grunge tentou conhecer o músico brasileiro – mas este estava em seu sítio, em Minas Gerais, e o encontro não chegou a rolar.

A escolha de Arnaldo especificamente se deve ao fato de Kurt ter enxergado traços de sua personalidade no brasileiro, principalmente quando sua imagem passou a ser ligada à figura de um artista louco e depressivo assim como o americano. O bilhete em questão está disponível abaixo (com tradução) e é, sem dúvidas, um item histórico para a música brasileira.

Bilhete de Kurt Cobain para Arnaldo Baptista

Carta de Kurt Cobain para Arnaldo Baptista

Arnaldo, te desejo o melhor e cuidado com o sistema. Eles te engolem e te cospem de volta como o caroço de uma cereja marrasquino. Com amor, Bill Bartell da Gasatanka Records e White Flag e Kurt Cobain do Nirvana.

No restante do papel, além de um endereço rabiscado no canto inferior esquerdo, há um desenho de Bill e Kurt. Abaixo deste, a dupla escreveu: “Os Mutantes. Amor. Brilhante. Genial. Boa diversão e amigos”. Sensacional!