Tarantino em Cannes
Foto: Reprodução/Variety
 

Tarantino não ficou nada feliz com algumas perguntas na coletiva de imprensa de Era Uma Vez em Hollywood, em Cannes.

Algumas horas após a exibição do filme, que rendeu uma ovação de vários minutos ao diretor, tanto ele quanto o elenco do longa se reuniram para receber a imprensa no festival de cinema.

Por lá, uma pergunta sobre a participação de Margot Robbie, que interpreta a atriz Sharon Tate, deixou Tarantino irritado. Uma repórter do The New York Times questionou o número de falas de Margot durante a trama, bem menor do que de seus colegas do sexo masculino.

A isso, o diretor respondeu:

Eu rejeito essa sua hipótese.

Robbie ainda tentou salvar um pouco a situação, e explicou: “Eu acho que os momentos em que estive em tela foram uma oportunidade para homenagear Sharon [Tate]. Eu acho que a tragédia foi a perda da inocência. Mostrar os maravilhosos lados dela [é algo que] pode ser feito sem falar. Eu senti que tive muito tempo para explorar a personagem sem diálogo, o que é uma coisa interessante. Raramente eu tenho a oportunidade de passar tanto tempo sozinha como personagem.”

Roman Polanski

Em outro momento da coletiva, Tarantino foi questionado sobre o personagem que retrata o também cineasta Roman Polanski. O polonês se envolveu em uma série de acusações de abuso sexual, e foi expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas por isso.

Durante a entrevista, Quentin revelou que não consultou o diretor para montar seu roteiro, mas completou: “Eu encontrei ele algumas vezes. Sou um fã do trabalho de Roman Polanski, particularmente ‘O Bebê de Rosemary'”.

Era Uma Vez em Hollywood chega aos cinemas brasileiros no dia 15 de Agosto. Veja o trailer clicando aqui.