Rieg
Foto: Rafael Passos
   

O trip hop brasileiro ganha hoje dois lançamentos em uma tacada só de um baita nome do gênero, o trio paraibano Rieg.

Formado pelo americano e alemão Rieg R (voz/sampler/synth), Daniel Jesi (baixo) e Nildo Gonzalez (bateria), o grupo lançou seu disco de estreia, o conceitual 12:00, em Março de 2018. A banda foi criada em João Pessoa, em 2010, e já se apresentou em festivais nacionais de respeito como SIM SP (SP), Picnik (DF), Febre (SP), Festival Mundo (PB), Grito Rock (PE), Dia da Música (SP), UIVO (SP/PE), Fete De La Musique e Transpira (PI).

Em 12:00, a Rieg conta a história de um rapaz que tem de lidar com algumas verdades sobre seu falecido pai após encontrar no porão de sua casa fitas VHS escondidas. Cada música representa uma cena dos filmes que estão ligados à neurose do pai, provocando assim um jogo de recortes.

Para traduzir em imagens esse conceito, o trio lança hoje, com exclusividade no TMDQA!, os clipes de “Red Dress Dresser” e “Piggy Nights”, ambos do disco.

O primeiro tem roteiro, concepção, coreografia e atuação idealizada por Isa Silveira do FlatLine Pole Dance & Studio. A ideia do videoclipe, segundo o Rieg, é demonstrar a ideia de sexualidade moderna, pegando de teorias psicanalíticas em que existe apenas sexualidade, sem as limitações colocadas pelo super-ego.

Já “Piggy Nights”, que tem direção de Iuri Santos e foi todo filmado com uma handycam, conta a história de um ex-funcionário da empresa Terrible Inc. que agora está sendo perseguido por delírios mentais e pesadelos da ex-empresa, onde ele era forçado a assistir horas de filme trash, em um experimento da empresa.

Louco, não? Assista aos clipes abaixo!

 
 
Compartilhar