Corey Taylor, do Slipknot e Stone Sour
Reprodução/YouTube
 

Corey Taylor voltou a dar sua opinião sobre o presidente americano Donald Trump.

Usando o Twitter, o frontman do Slipknot e do Stone Sour comentou a recente reunião de Trump com o presidente russo Vladimir Putin. A polêmica da ocasião foi o político americano não ter questionado a declaração de Putin ao dizer que a Rússia não foi responsável por adulterar as eleições de 2016 nos Estados Unidos. O líder russo não ofereceu nenhuma prova concreta, apenas sua palavra, o que gerou revolta em diversos cidadãos americanos.

Taylor abordou o assunto ao falar que estava perdendo seguidores por conta de sua visão política, e ainda chamou Trump de “covarde”.

Eu percebi uma perda de seguidores nos últimos dias. Talvez seja minha visão política me alcançando. Talvez seja esse teste com os bots excluindo toda essa [merda]. O que eu sei é: qualquer um que assistiu a esse ‘presidente’ [com] Putin aprendeu a definição de ‘covarde’.

Em seu último livro, Corey Taylor chegou a sugerir um impeachment contra Donald Trump, e faz questão de deixar sempre claro de qual lado está. Em 2016, o músico ainda rebateu um artigo que ligava o presidente a fãs do Slipknot, declarando que a mensagem do político não vai de acordo com a mensagem que sua banda quer passar.

LEIA TAMBÉM: Corey Taylor tem ótimas notícias sobre novo disco do Slipknot: “pesado como Iowa”

 
Compartilhar