Discos favoritos da Drenna

A banda brasileira Drenna está lançando um novo disco de estúdio chamado Desconectar.

O álbum traz diversas influências que formam a sonoridade do grupo e convidamos a sua vocalista, que batiza a Drenna, para nos falar sobre 10 discos de mulheres que não saem da sua playlist.

As escolhas vão do rock à mpb, e você pode conhecer/revisitar muita coisa boa na sequência.

Ao falar sobre a escolha, Drenna comentou:

É difícil olhar pra trás e selecionar quais artistas mais me influenciaram durante toda essa trajetória, mas trocando uma ideia com a galera, vi que estamos sempre cercados de boas influências, e com a internet pra nos ajudar, podemos buscar músicas e artistas a qualquer hora e lugar.

Divirta-se!

Janis Joplin – Pearl

Janis Joplin - PearlConheci Janis Joplin meio que por acaso. Sempre diziam que eu tinha que ouvir, até que um dia, visitando uma loja de discos, avistei o álbum Pearl e comprei. Fiquei impressionada com a profundidade emocional que ela conseguia passar nas músicas, e me apaixonei pelo modo como ela interpretava as canções, ouvi esse disco tantas vezes que perdi a conta.

 

Joanna Connor – Nothing But The Blues

Joanna Connor - Nothing But The BluesGanhei de um amigo uma coletânea de blues, e nela estava essa artista incrível, além de ter uma voz ótima, músicas boas, ela é uma excelente guitarrista.  Solos maravilhosos e um domínio incrível do Slide! por isso é um disco que ficou no repeat durante muito tempo, e toda vez que eu ouço, dá vontade de pegar a guitarra e tocar!
Minha sugestão é o álbum Nothing But The Blues.

 

Björk – Post

Björk - Post

Um disco que me marcou muito foi o Post.

Esse disco é muito maravilhoso, conhecia o som da Björk por causa dos videoclipes, sempre fora do comum, demorei a conseguir ter um álbum em mãos. Um dia estava andando pelo centro da cidade e vi uma pequena lojinha de discos, lá encontrei esse álbum maravilhoso de segunda mão, comprei!
Quando cheguei em casa eu ouvi pela primeira vez, pensei: quem teria coragem de se desfazer de um disco tão bom assim? Vai saber a história, não é? Pelo menos esse disco estava destinado a parar nas minhas mãos e desde então Björk passou a ser uma das minhas cantoras prediletas.

 

Marilina Bertoldi – Sexo Con Modelos

Marilina Bertoldi - Sexo Con ModelosDe vez em quando gosto de pesquisar novos artistas, ouço muita coisa, e numa dessas pesquisas me deparei com essa artista da Argentina.

Fiquei encantada com o som e com a voz melodiosa dela, cheguei nela por causa da banda que ela tinha, chamada Connor Questa, que é ótima por sinal, e agora ela está em carreira solo e lançou um álbum incrível em 2016!

 

Aurora – All my demons greeting me as a friend

Aurora - All my demons greeting me as a friendOutra artista que conheci através de pesquisas, voz doce, arranjos suaves, músicas gostosas de ouvir, me ganhou, esse disco eu ouço incansavelmente.

 

Rita Lee – Reza

Rita Lee - RezaNo caso da Rita, indico a discografia inteira, não tem como ouvir e não se deixar influenciar pela obra dela.

Porém, tem um álbum especifico pelo qual tenho um certo carinho, e é o Reza. As letras são divertidas, irônicas e interessantes, características marcantes na música da Rita, porém esse álbum eu realmente acho que é incrível.

 

Elza Soares – A Mulher do Fim do Mundo

Elza Soares - A Mulher do Fim do MundoOutro álbum que não sai da minha playlist é um dos melhores álbuns lançados recentemente, A mulher do fim do mundo, da Elza Soares.

Letras bem trabalhadas, temas variados, arranjos excelentes, samba com distorção de guitarra! Que disco incrível! E o timbre de voz da Elza é sensacional.

 

Alanis Morissette – Jagged Little Pill

Alanis Morissette - Jagged Little PillUm dos primeiros álbuns que eu comprei foi Jagged Little Pill da Alanis Morissette.

Quando cheguei em casa com esse álbum, coloquei pra ouvir e ele ficou em loop. Devo ter ouvido umas 10 vezes ininterruptas, só no primeiro dia. Amo a voz da Alanis e todas as canções desse disco, tanto que fiz questão de aprender a tocar todas as músicas desse álbum no violão.

 

 

Céu – Céu

Céu - CéuUm dia, voltando de um show, um amigo pediu pra colocar um som que ele gostava e me apresentou o álbum de estreia da cantora Céu.

Eera a primeira vez que eu ouvia o som dela, e fiquei maravilhada com as texturas musicais trabalhadas nesse disco, os sons eletrônicos e a voz suave. Esse álbum é belíssimo.

 

Jennifer Batten – Above, Below and Beyond

Jennifer Batten - Above, Below and BeyondAssistindo a uma apresentação clássica de Michael Jackson, reparei naquela personagem de cabelos gigante e platinado tocando de forma absurda a guitarra e correndo por todo o palco.

Não tinha como tirar os olhos dela e depois disso fiz questão de procurar mais sobre essa artista e me aprofundar mais em seus trabalhos.

Indico o álbum Above, Below and Beyond, dessa verdadeira guitar hero.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!