billy-corgan-smashing-pumpkins
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

Em 1992 o diretor Cameron Crowe lançou um filme chamado “Singles” que foi uma verdadeira celebração para o rock alternativo da época.

Não apenas sua trilha sonora trazia nomes como Alice In Chains, Pearl Jam, Soundgarden, Mudhoney e Smashing Pumpkins, o próprio filme teve uma banda fictícia chamada Citizen Dick, que tinha como integrantes os caras do Pearl Jam.

Em uma sessão de perguntas e respostas recente na cidade de Atlanta, Billy Corgan conversou a respeito do filme e contou uma história sobre como “Drown”, música dos Pumpkins presente na trilha, foi “boicotada”:

Ao mesmo tempo que foi uma grande oportunidade para nós, significava que de alguma maneira a gente se tornou parte de algo que não fazíamos parte. E vou te contar uma pequena história engraçada sobre a trilha. Nós entramos com “Drown”, que a gente estava ensaiando ali antes, colocamos “Drown” na trilha sonora. A trilha saiu pela Epic, ou Sony, enfim, eles estavam trabalhando na música do Alice In Chains, “Would?”, que é um clássico, é uma ótima música. Eles estavam trabalhando nela, mas “Drown” começou a ser tocada na rádio, foi a nossa primeira música a se dar bem nas rádios, e aí a Epic a matou, porque eles não queriam competição com o Alice In Chains.

É o comportamento clássico de gravadoras, você pensaria: “Hey, você tem essa trilha sonora, duas músicas funcionando na rádio, vai vender muito mais trilhas.” Eles mataram nosso single para ter certeza de que ele não machucaria a música do Alice In Chains. Não posso reclamar, porque eu amo o Alice In Chains, e sou amigo de Jerry Cantrell, e está tudo bem, mas o que estou dizendo é o tipo de coisa da qual ninguém fica sabendo. Onde, na verdade, no antigo modelo de negócio da música, e eles ainda fazem isso, você mata alguma coisa mesmo que não faça sentido. Por que você mataria algo que está funcionando com o público? Então essa música não se tornou tão grande quanto poderia porque a gravadora que tinha os direitos a matou. Então a minha vingança foi quando eles voltaram 20 anos depois e gostariam de relançar a trilha, e pediram pela demo deles, e eu mandei eles se foderem. Pequena vingança, tirei dinheiro do meu próprio bolso, mas é a vida.

Esse ano foram lançados materiais baseados em “Singles”, incluindo material da banda fictícia Citizen Dick.

Fonte: Blabbermouth

Ouça a nova música de Juliah!