Jorge Herrera, vocalista do The Casualties, é acusado de tentativa de estupro

As coisas não andam nada bem para o lado do The Casualties, grupo de punk rock formado em 1990 na cidade de Nova York.

Isso porque muita gente do mundo todo tem deixado mensagens e publicações de ódio contra os caras e, principalmente seu vocalista Jorge Herrera desde que o mesmo foi acusado de estupro em uma publicação na Internet.

Tudo começou quando uma mulher chamada Beth contribuiu com um post para o site “Put Your Damn Pants On”, composto principalmente por mulheres e que fala sobre os aspectos de ser mãe, profissional, fã de música, e mais.

No texto, Beth diz que há 16 anos, quando tinha 16 anos, sofreu uma tentativa de estupro de Jorge após um show de sua banda:

Esse cara me prendeu no canto da sala e tentou me forçar a fazer sexo com ele, dizendo que ele falaria para todo mundo na van que eu havia feito, mesmo que não fizesse. Eu saí correndo de lá, ele me perseguiu pelo corredor, me empurrou contra a parede e começou a enfiar a sua mão em todos os orifícios que encontrava enquanto cobria a minha boca com a dele para que ninguém ouvisse meus gritos ou minhas lágrimas. Quando eu finalmente consegui me livrar, me tranquei em um quarto abandonado até que meus amigos me encontrassem. Dormi naquele quarto e só fui interrompida uma vez por um integrante da banda que bateu na porta e disse, “Você não precisa abrir a porta, só ouça. Você nem precisa me dizer o que aconteceu porque eu já sei e sinto muito.”

Durante o post a moça mantém um certo clima de mistério quanto ao nome da banda e do integrante, até que dispara contra Jorge e deixa as coisas bem claras:

Bem, vá se foder, Jorge. Foda-se você e sua banda de merda. Eu não quero ser sua vítima ou contadora de histórias. Eu quero ser esposa para o meu marido e mãe para o meu filho sem ter a sua memória. Mas não consigo. Não sou sua vítima, imbecil. Sou sua sobrevivente. E essa é minha história e se te deixa, amigo, desconfortável, bem, pelo menos compartilhamos um sentimento pela primeira vez.

Você pode ler tudo na íntegra clicando aqui.

Resposta

A banda publicou uma declaração oficial em sua página do Facebook mas limitou-se a culpar a Internet e suas mídias sociais pelo acontecido, dizendo que as declarações de Beth são falsas, sem comentar o que teria acontecido de fato:

Nos dias modernos de smartphones e mídias sociais é fácil para que palavras sejam espalhadas sem que sua validade seja conferida. Qualquer fã do The Casualties ou pessoa que nos conhece pode confirmar que não toleramos abuso de nenhum tipo. Apesar de apoiarmos totalmente a liberdade de expressão, infelizmente as pessoas soltam palavras sem cuidado e informações equivocadas por aí. As declarações são 100% FALSAS e nós agradecemos todo o apoio que temos recebido do mundo todo através de fãs e amigos. Nós somos e sempre seremos uma banda que luta por igualdade, anti-racismo e união.

The Casualties no Brasil

A banda é uma das atrações do novo WROS Fest que acontece em Dezembro em São Paulo.