Cartaz Hateen e Califaliza em Florianopolis

Cartaz Hateen e Califaliza em Florianopolis

Demorou mas está aqui!

No último dia 04 aconteceu aqui em Florianópolis show com o ótimo Hateen, contando com a abertura da local e também ótima Califaliza.

Era de se esperar que em uma Quinta-feira e em Florianópolis a casa não estivesse lotada, e foi o que aconteceu no Vecchio Giorgio, que contou com um público médio que foi chegando à frente do palco à medida que se aproximava o show da atração principal da noite.

De qualquer maneira foi uma noite agradabilíssima de rock muito competente desde o show da Califaliza até o Hateen. Leia abaixo as minhas impressões.

Califaliza

Hateen e Califaliza em Florianópolis

Misture KISS, Ramones e Iron Maiden e coloque uma pitada de hardcore ao melhor estilo NOFX na parada.
Com uma série de referências dessa qualidade era de se esperar que o som dos caras fosse dos melhores, e isso ficou provado no show.

O quarteto de Florianópolis Califaliza subiu ao palco e destilou seus rockões em Português de forma muito competente, passando a impressão de que estavam muito bem ensaiados e em sintonia, abrindo espaço para os gritos do vocalista Guilherme, as poses do Guitarrista Kadu e do baixista Chris e até o baterista Johnny tocando bateria de pé vez ou outra.

Músicas como “Só O Começo” e “A Partir Daqui” chamaram a atenção, sendo que essa última conta com a participação de Teco Martins, vocalista do Rancore na versão de estúdio do EP da banda que será lançado em breve.

O Califaliza vai colhendo os frutos de se empenhar no que faz e acreditar no rock, e se continuar desse jeito terá longa vida no cenário brasileiro.


Myspace Band Player Generator

Hateen e Califaliza em Florianópolis Hateen e Califaliza em Florianópolis

Hateen e Califaliza em Florianópolis

Hateen

Hateen em Florianópolis

O Hateen subiu ao palco para fazer o penúltimo show da turnê pelo Sul do país, e os integrantes da banda estavam visivelmente cansados pelo tempo fora de casa, principalmente o vocalista Koala, que algumas vezes pediu desculpas por sua voz não estar das melhores.

Tudo bem, a gente perdoava! No instante que eles começaram a tocar todos entraram em sintonia com a banda e aproveitaram a volta do quarteto, que não vinha até Florianópolis desde muito tempo.

Fizeram part do setlist as músicas em Português como “Não Vá”, “Quem Já Perdeu Um Sonho Aqui?”, “Monocromático” e claro, “1997”, mas os 2 momentos mais marcantes do show foram com músicas em Inglês.

Primeiro com “Danger Drive”, onde o público cantou em uníssono e até fez com que Koala levasse um susto e mandasse um “Caraio!” no microfone quando ouviu todo mundo participando junto.
Depois com “Mr. Oldman”, tocada devido a pedidos da plateia e onde a banda virou um trio com Sonrisal assumindo o baixo para tocar uma das linhas de baixo mais bonitas do rock independente nacional.

Aliás, Leon o novo baixista da banda foi apresentado por Koala que disse que quando eles se conheceram, Leon disse que seu nome era bom porque era curto e forte.

A banda tocou por mais de 1 hora e chegou a anunciar o fim do show mas voltou ao som de pedidos da plateia para tocar mais, já que com música boa a gente nunca se dá por satisfeito.

Se você nunca foi a um show do Hateen, vá. A qualidade e experiência dos músicos são notáveis e uma discografia de respeito tanto nos discos em Inglês quanto no único lançamento em Português fazem com que o show da banda seja sempre muito interessante.

Hateen em Florianópolis

Hateen em Florianópolis

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar