Johnny Duluti
Foto: Facebook
 

O final de semana ficou muito mais triste após recebermos a notícia de que Johnny Duluti, músico de Florianópolis, morreu aos 32 anos de idade.

Nascido João Filipe, o músico logo adotou a nova alcunha quando começou a se envolver em projetos de Rock And Roll, criando o sobrenome “Duluti” a partir de uma homenagem a Bob Dylan e sua cidade-natal, Duluth.

Nos últimos anos, o baterista fez parte de influentes bandas da capital catarinense como Califaliza e Eutha, e recentemente vinha trabalhando em projetos de vídeo e lançando materiais em carreira solo com influências que iam do Green Day aos Ramones passando por nomes como NOFX.

Conhecido como uma verdadeira máquina de produzir os materiais que curtia e como um dos caras mais bacanas da cena catarinense nos últimos anos, Johnny acabou se tornando mais uma vítima da pandemia do novo Coronavírus, infelizmente.

Em um comunicado oficial no seu perfil do Facebook, foi revelado que os médicos estipularam que a causa da morte era COVID-19 e que em apenas uma noite “a oxigenação baixou muito, ele teve duas paradas cardíacas e não resistiu”:

É com grande tristeza e dor no peito que comunicamos a morte dessa pessoa incrível, extraordinária que só quem conheceu sabe. Ainda não há confirmação da causa da morte, mas os médicos estipularam que seria COVID-19. A nova variante é muito agressiva… Em apenas uma noite ele piorou, a oxigenação baixou muito, ele teve duas paradas cardíacas e não resistiu. Não haverá velório por conta da suspeita do vírus. Agradeço a todos pelas mensagens de força e de carinho. Deixo essas fotos dele, no lugar que ele mais amava estar: no palco.
Com muito amor e pra sempre,
Sara.

Que descanse em paz. Sua falta, meu amigo, será muito sentida.

Homenagens a Johnny Duluti

Você pode ver uma série de homenagens a Johnny, bem como alguns dos seus trabalhos, logo abaixo.

 
 
Compartilhar