A confusão vivida atualmente no Brasil é tão grande que, além de ver diversas denúncias de corrupção que pipocam todos os dias, a política nacional acabou virando uma fonte quase infinita de… memes. Um deles é a atuação do suposto hacker que invadiu o celular de autoridades ligadas à Operação Lava-Jato e divulgou informações relacionadas à operação.

Deixando de lado qualquer posicionamento sobre o acontecido, separamos cinco filmes inspirados em hackers ou que tiveram participações importantes dos “piratas” da internet. Algumas dessas produções, inclusive, foram feitas bem antes de a população estar tão conectada.

5Jogos de Guerra (1983)

Jogos de Guerra – 1983. (Foto: Divulgação/Internet)

Três anos antes de estrelar Curtindo a Vida Adoidado, Matthew Broderick estava interpretando David, um garoto viciado em jogos de computador e que consegue invadir o sistema da escola para mudar suas próprias notas. Como os desafios aparentemente ficam mais atrativos à medida que se tornam mais difíceis, logo ele já estava tentando entrar no Departamento de Defesa dos Estados Unidos, acessando o arsenal nuclear no país.

4Hackers (1995)

Hackers – 1995 (Foto: Divulgação/Internet)

Nem um pouco realista e com doses até de ingenuidade, Hackers praticamente dava superpoderes aos protagonistas vividos por Angelina Jolie e Johnny Lee Miller. É o típico filme que exige bastante da suspensão de descrença por parte do público. Se houver esse distanciamento, porém, a experiência de assistir ao filme pode ser divertida, observando como era feito o cinema nos anos 90 e como os assuntos relacionados à tecnologia criavam preocupações de formas muito diferentes do que vemos hoje.

3Matrix (1999)

Matrix – 1999 (Foto: Divulgação/Internet)

Um dos maiores clássicos da ficção científica, Matrix revolucionou a forma como se faz filmes de ação. Neo é uma espécie de messias, que consegue dominar – e subverter – as regras do universo virtual no qual ele estava inserido. Além disso, são claras as comparações com a vida real, especialmente em uma fala do Agente Smith, que compara os seres humanos a um vírus. 

2Millennium: Os Homens Que Não Amavam As Mulheres (2011)

Millennium: Os Homens Que Não Amavam As Mulheres – 2011. (Foto: Divulgação/Internet)

Seja a versão americana ou a sueca, Lisbeth Salander é sempre uma personagem fascinante. Ela é uma investigadora particular e ajuda o jornalista Mikael Blomkvist a resolver um caso de assassinato. Para isso, utiliza seu vasto conhecimento em hacking e consegue todo tipo de informações confidenciais. Apesar de toda a história ser interessante, Lisbeth com certeza é uma atração à parte.

1O Quinto Poder (2013)

O Quinto Poder – 2013. (Foto: Frank Connor/©DreamWorks II Distribution Co., LLC.  All Rights Reserved.)

Para fechar, nada melhor que um caso real e recente. Em 2013, a história de Julian Assange foi adaptada ao cinema em O Quinto Poder. Benedict Cumberbatch interpretou o criador do Wikileaks, responsável pelo maior vazamento de informações sigilosas que se tinha conhecimento na história. O problema é que o próprio Assange era contra essa adaptação, o que prejudicou bastante a bilheteria do filme. Pela importância histórica e pelo desempenho de Cumberbatch, vale a pena dar uma conferida.

Menção honrosa

Não é filme, mas Mr. Robot tem um dos hackers mais famosos da atualidade. Rami Malek vive Elliot, um garoto antissocial que trabalha como engenheiro de segurança digital e se vê envolvido em uma treta muito maior do que ele jamais poderia imaginar. A série aborda de forma muito interessante os conflitos políticos e as críticas sociais ao sistema, além de tratar de forma muito realista temas como distúrbios psicológicos.

Rami Malek em Mr. Robot
Mr. Robot (Foto: Divulgação/Internet)