Mac Miller
Foto: Divulgação
 

Contamos aqui, na última semana, sobre a triste notícia da morte de Mac Miller devido a uma suporta overdose.

O rapper de 26 anos, que lutava contra o abuso de drogas e a depressão, foi a figura central de um tributo promovido pela revista Complex no especial Open Late de Peter Rosenberg, na última quarta-feira (12).

Um dos nomes que relembrou Miller foi Kendrick Lamar, com quem o rapper colaborou em diversas ocasiões nos últimos anos. Lamar falou sobre sua amizade com Mac e como o falecido rapper era um “indivíduo divertido”.

Ele era esse tipo de pessoa — apenas um cara legal. Sempre fazia você se sentir bem, era uma energia muito boa de ter por perto. Ele aparecia no estúdio, dava opiniões honestas. Eu tocava alguma música, ele diria ‘Gosto disso. Você deveria fazer algo aqui’. Sei lá, cara, ele era muito verdadeiro e generoso. Ótimo músico. Ótimo escritor.

Ele sempre tinha um sorriso no rosto, e isso é algo que eu elogio. Não importa o que ele estivesse enfrentando, ele não fazia você sentir pena dele, sabe? Ele era muito forte sobre isso — sempre mantinha um sorriso no rosto porque queria fazer você sorrir também. E isso era algo que eu sempre amei, sabe, não importa as razões pessoais, ele te dava essa energia. Ele te dava essa energia. Não era o caso da tristeza o deixar sozinho, sabe? Ele sorria e aí você sorria de volta. Fazia você se sentir bem. Então, para sempre nós vamos lembrar de sua vida e vamos lembrar daquele sorriso. Celebre. Mac Miller. Amor.

Você pode conferir o vídeo logo abaixo:

 
 
Compartilhar