The National provoca catarse coletiva no Rio de Janeiro em show pré-Lolla

Texanos do Spoon divertiram o público carioca na abertura da noite de quinta-feira (22)

The National no Rio de Janeiro
Foto: Reprodução/ Instagram
 

A lona do Circo Voador ficou pequena para a euforia que acompanhou o público do The National numa quinta-feira (22) chuvosa no Rio de Janeiro. Atração da edição 2018 do Lollapalooza, a banda não se apresentava no país desde 2011, quando fez um show emocionante na mesma casa de shows.

Os responsáveis por abrir a noite foram os caras do Spoon. Mesmo debaixo de chuva, o público respondeu de forma entusiasmada ao vocalista, Britt Daniel. O setlist de 13 músicas passeou pelos principais hits da banda norte-americana, e faixas do álbum mais recente, Hot Thoughts (2017).

Mostrando simpatia, Britt agradeceu ao Queremos! — iniciativa carioca que trouxe as duas bandas — por retornarem à cidade, depois de tocarem por lá em 2015. E coube agradecimento também ao público, que enfrentou a chuva para chegar à região central da cidade e curtir a noite.

Os gritos apaixonados anteciparam o que viria a seguir quando o The National subisse ao palco no momento em que o vocalista Matt Berninger se juntou ao Spoon para o cover de “Ashes to Ashes”, de David Bowie. Foi o termômetro para avaliar o restante da noite.

Rio, ummmmm… that was INSANE. Thanxxx for the beautiful evening Photo: @btrzbrt

A post shared by SPOON (@spoontheband) on

O que pude ver na lona do Circo Voador neste dia foi uma verdadeira catarse. O The National, em especial o frontman Berninger, possui uma magia ao vivo que nem mesmo quem testemunha suas apresentações pode explicar. Mesmo sendo conhecida como uma banda mais melódica e com músicas mais introspectivas, a euforia de quem assistia foi o que garantiu a atmosfera da noite.

A banda deu o pontapé inicial do show com “Nobody Else Will Be There”, do vencedor do Grammy de álbum alternativo Sleep Well Beast, lançado em 2017. Ao longo da noite, a mescla de faixas inéditas com velhas conhecidas como “Guilty Party”, “Slow Show” e “Pink Rabbits” testou a garganta dos fãs.

Matt Berninger foi um show a parte. Ofereceu copos e bebida aos fãs na frente do palco, jogou o próprio copo na cara de uma fã (que ficou radiante com isso), pegou celulares de duas pessoas para filmar o palco. No bis, subiu na grade, desceu e correu entre o público até o meio da pista.

“Vanderlyle Crybaby Geeks” foi o ápice da paixão da plateia, com o frontman colocando o pedestal do microfone na grade em frente ao palco e deixando que fosse cantada quase que inteiramente pelo público, com a banda acompanhando de forma acústica.

A apresentação no Rio, para as duas bandas, serviu como aquecimento para o palco do Lollapalooza que aconteceu neste fim de semana. O Spoon se apresentou na sexta-feira (23) e o The National no sábado (24).

Confira o setlist de cada apresentação:

Setlist – Spoon no Rio de Janeiro (22/03/2018)

“Do I Have To Talk You Into It”
“Inside Out”
“I Turn My Camera On”
“Don’t You Evah”
“Do You”
“Hot Thoughts”
“Ashes to Ashes”
“I Ain’t The One”
“Can I Sit Next To You”
“My Mathematical Mind”
“Got Nuffin”
“The Underdog”
“Rent I Pay”

Setlist – The National no Rio de Janeiro (22/03/2018)

“Nobody Else Will Be There”
“The System Only Dreams in Total Darkness”
“Walk It Back”
“Guilty Party”
“Don’t Swallow the Cap”
“Bloodbuzz Ohio”
“Squalor Victoria”
“I Need My Girl”
“Wasp Nest”
“Empire Line”
“Turtleneck”
“Slow Show”
“Pink Rabbits”
“Day I Die”
“Fake Empire”
“About Today”
“Carin at the Liquor Store”
“Mr. November”
“Terrible Love”
“Vanderlyle Crybaby Geeks”

Comentários