Laranja Oliva lança primeiro disco ambientalmente sustentável do Brasil

O disco também conta com fragmentos de textos de Leonardo Boff

Laranja Oliva
Foto: Guilherme Brito / Divulgação
 

Carta da Terra, segundo disco da Laranja Oliva, é um trabalho especial. O disco é o primeiro na história da música brasileira com proposta ambientalmente sustentável.

O registro aborda a sustentabilidade e a importância da harmonia com o meio ambiente. A banda se inspirou nos valores e princípios definidos pela Comissão Carta da Terra da ONU de 2000. O tratado busca o despertar da consciência em uma sociedade economicamente justa e ambientalmente equilibrada.

O grupo constatou todos os possíveis impactos e danos ambientais gerados durante a produção do álbum, através de metodologias técnicas. A partir daí, foram dimensionados os impactos a serem mitigados e remediados com medidas diretas e indiretas, a curto e a longo prazo pela banda.

Gravado durante os meses de agosto e setembro de 2017 no estúdio Family Mob em São Paulo, Carta Terra contou com um financiamento coletivo para sua finalização. O disco também conta com fragmentos de textos de Leonardo Boff, um teólogo, escritor e professor universitário brasileiro e expoente da Teologia da Libertação.

 

Comentários