Kendrick Lamar
Foto via Shutterstock
 

O Grammy Awards, maior premiação da indústria fonográfica no mundo, sofre com críticas pela sua falta de diversidade racial edição após edição por não entregar prêmios supostamente óbvios a artistas negros e amplamente reconhecidos no mercado.

Foi assim por exemplo quando a Taylor Swift levou o prêmio de Álbum do Ano em 2016 com 1989 enquanto To Pimp A Butterfly do Kendrick Lamar teve que se contentar com os aplausos à cantora em seu caminho até o pódio. As críticas também vieram quando Lemonade da Beyoncé ficou a ver navios quando 24 da Adele levou a estatueta esse ano.

Independente do histórico, na edição de 2018 as coisas irão tomar um rumo diferente, levando em consideração que a maior premiação da noite, a de Álbum do Ano, conta com os seguintes artistas entre os indicados:

  • Childish Gambino – Awaken, My Love!
  • Jay-Z – 4:44
  • Bruno Mars – 24k Magic
  • Kendrick Lamar – DAMN
  • Lorde – Melodrama

Dessa forma, a principal categoria da premiação conta com quatro artistas negros além de uma mulher, a neozelandesa Lorde.

Um fato curioso é que a última vez que o prêmio não contou com a presença de homens brancos entre os indicados à Álbum do Ano foi em 1999, quando um time feminino de peso dominou as indicações: Garbage, Lauryn Hill, Madonna, Sheryl Crow e Shania Twain foram as escolhidas na ocasião e o prêmio foi para The Miseducation of Lauryn Hill, disco de estreia da cantora Lauryn Hill.

Aqui fica um ponto de discussão interessante: o Garbage, liderado pela vocalista Shirley Manson, conta com outros três integrantes homens (brancos) que foram indicados ao prêmio lá em 1999. Dessa forma, se levarmos em consideração a banda toda, 2018 será a primeira vez em que realmente teremos 100% dos indicados formados por homens negros e mulheres.

Considerando sob o ponto de vista de que em 1999 a categoria não teve nenhum artista solo homem, aí essa teria sido a primeira vez desde a primeira edição da premiação, lá em 1959, que o Álbum do Ano não foi disputado por um homem.

O que você acha?

Você pode ver a lista com os indicados ao Grammy de 2018 clicando aqui.