Tom Capone, guitarrista do Quicksand, é preso por furto de loja

O músico ainda tentou fugir da polícia

Quicksand - banda
 

Tom Capone, guitarrista da influente banda de post-hardcore Quicksand, foi preso no último dia 12 por furtar mais de 43 itens de uma farmácia em Phoenix, nos Estados Unidos.

De acordo com relatos da polícia, Capone entrou na loja e começou a colocar diversos objetos que estavam à venda direto na sua mochila e, ao sair da loja, não passou por nenhum dos caixas.

Após ser acionado, um policial foi conversar com o músico, que se recusou a devolver os objetos e tentou fugir. Com a ajuda de seguranças do local, Capone foi imobilizado e ainda tentou resistir à prisão, de acordo com informações do Lambgoat. Desde então, o guitarrista já foi solto mas tem uma audiência marcada no tribunal para o dia 27 desse mês.

O Quicksand compartilhou uma declaração sobre o ocorrido, afirmando que Capone irá se ausentar da turnê atual da banda para “cuidar de sua saúde”:

Como alguns de vocês notaram, nós tocamos nosso show da última terça-feira como um trio. Quando começamos a gravar novas músicas no Outono de 2016, Tom não estava muito bem de saúde. Nós escrevemos e gravamos Interior [nome do disco] em trio. Agora, no Verão de 2017 [inverno sul-americano], o disco estava pronto e nós estávamos planejando seu lançamento e a turnê correspondente. O Tom estava muito melhor, e nós quatro começamos a ensaiar para a próxima turnê. Estávamos felizes por tê-lo de volta e ansiosos para o futuro. Depois de uma semana de ótimos shows, percebemos que pegar a estrada foi uma decisão difícil para o Tom, que agora está indo para casa para cuidar de sua saúde. Desejamos o melhor para ele, e obrigado pelo apoio de vocês.

O Quicksand lançará Interiors, seu primeiro álbum de estúdio em 22 anos, no dia 10 de Novembro pela gravadora Epitaph.

 

Deslize a tela para baixo e continue lendo as notícias do TMDQA! automaticamente!

 

Comentários