Trent Reznor (Nine Inch Nails) pede desculpas por críticas a disco de Chris Cornell

Músico se arrependeu do que disse em 2009

Trent Reznor em 2011
Foto via Shutterstock

Foto de Trent Reznor via Shutterstock

Chris Cornell teve uma carreira toda de sucesso, incluindo sua carreira solo, com quatro discos lançados. Em 2009, ele se juntou a Timbaland, badalado produtor de hip-hop/R&B/pop e lançou Scream. Apesar dos bons resultados iniciais, o disco não foi bem recebido pelo público. Na época, quem teceu comentários ácidos sobre o álbum foi Trent Reznor, líder do Nine Inch Nails. Em sua conta no Twitter, que o músico costumava usar com frequência, Reznor disse que ficou com a famosa vergonha alheia ouvindo o trabalho.

Tá ligado aquele sentimento que você tem quando alguém passa tanta vergonha que VOCÊ se sente desconfortável? Ouviram o disco do Chris Cornell? Jesus.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(o tweet original, assim como outros vários da época, foi apagado pelo próprio Trent anos depois)

Em 2014, no entanto, o Nine Inch Nails e o Soundgarden fizeram uma turnê conjunta pela América do Norte, e Trent pediu desculpas a Cornell pelos comentários feitos, segundo artigo publicado na Rolling Stone, onde vários músicos dão depoimentos sobre o cantor que nos deixou aos 52 anos de idade.

Ele foi muito legal e generoso em relação àquilo – ‘Foda-se, é passado, bola pra frente’. O Chris que eu conheci naquela turnê era um cavalheiro que estava completamente consciente e sob controle.

Trent ainda disse que foi impulsivo em sua reação porque sempre viu Chris como um dos 10 melhores vocalistas da nossa geração e que ele podia muito mais do que o que mostrou no disco.

 

Comentários