Depois de ter seu último álbum, Post Pop Depression, nomeado como disco do ano pela Rough Trade Records, Iggy Pop ganhou um documentário bem legal dos caras.

O curta se chama I’ve Nothing But My Name, e traz o icônico cantor em uma conversa bem divertida com Thurston Moore, ex-guitarrista do Sonic Youth.

No documentário, os caras falam sobre o álbum de Iggy e as inspirações por trás do trabalho, além também de comentar sobre os primeiros anos do Stooges, banda que consagrou o músico. Ao ser questionado por Moore sobre toda a experimentação no som do grupo e quando eles decidiram incluir o rock n’ roll na parada, Pop revelou que sempre quiseram incorporar o estilo, mas não sabiam tocar músicas simples como “Johnny B. Goode” nos primórdios.

Eu sempre achei que estávamos neste jogo. Sempre. Quando começamos, eu era o instrumentalista principal, e eu me detonava por não saber fazer rock direito. […] Naquela época, você precisava tocar rock. O que iríamos fazer? Não sabíamos nem tocar ‘Johnny B. Goode’! [risos] E isso você precisa saber.

E é aí que os dois veteranos do punk se unem para uma jam sensacional da canção de Chuck Berry.

Você pode conferir o vídeo completo abaixo, com a cover iniciando a partir do minuto 15:50.