A mãe do cantor Freddie Mercury, Jer Bulsara, morreu no dia 13 de novembro, aos 94 anos. Há alguns dias, o guitarrista do Queen, Brian May, prestou uma homenagem a ela em seu site.

O músico disse que a morte de Jer foi silenciosa e pacífica, e aconteceu enquanto ela dormia. Disse também que a família gostaria de privacidade nesse momento.

Jer era uma mãe dedicada a Freddie e, como Freddie, sempre teve um forte brilho nos olhos”, descreveu o guitarrista, acrescentando que ela “tinha um espírito independente e um forte senso de humor; cheia de vida e otimismo”.

Brian May também contou que a mãe do vocalista apoiava e acompanhava o trabalho do Queen: “Jer seguiu de perto nosso progresso como banda e sempre nos via quando tocávamos nas proximidades, sempre com enorme entusiasmo”.

Além disso, contou que depois da morte do filho, ela se manteve próxima aos outros integrantes do Queen e também continuou participando das decisões da banda, incluindo os lançamentos póstumos, homenagens e turnês com Paul Rodgers e Adam Lambert: “Ela adorava o fato do espírito de Freddie viver tão fortemente no trabalho que estávamos fazendo e que ele sempre foi uma parte física em nossos shows”

Leia o post na íntegra:

FREDDIE'S MUM – Brian May

Well, now the news is out there, I thought I should share a few words. Freddie’s Mum, Jer…

Publicado por Queen em Sábado, 19 de novembro de 2016

 

   
 
Compartilhar