Kerry King dá nova entrevista
Crédito: reprodução

Em nova entrevista ao Moshpit Passion, da Alemanha, Kerry King, guitarrista do Slayer, falou sobre o aumento da prevalência de letras sobre religião e temas ocultos no Heavy Metal hoje em dia.

King afirmou que se considera ateu e negou qualquer relação com o satanismo, prática com a qual a banda foi associada durante praticamente toda sua existência, e reforçando ainda que o mundo que vivemos é corrompido por pessoas de má índole (via Blabbermouth):

Sim, acho que as pessoas perderam a sensibilidade [a esse tema] ao longo das décadas, porque quando nós surgimos, era muito mais tabu do que é agora. E acho que o que faço é mais tipo, só colocar opiniões na mesa.

Acho que muitas pessoas simplesmente nascem com suas crenças – elas vêm de seus pais, amigos, o que quer que seja. E eu não acredito em Deus ou no Diabo – não acredito em nada; sou ateu – mas gosto de colocar opções na mesa para aquelas pessoas que podem nunca questionar o que acreditam ou por que acreditam.

Não me importo se você acredita em Deus – bom para você; essa é uma boa história – mas eu gosto de colocar as cartas na mesa e dizer: ‘Ei, você já pensou em uma perspectiva diferente? Você já pensou em todos os pastores que são presos por mexer com crianças?’ Este mundo não é perfeito, então, eu simplesmente coloco as cartas na mesa e espero que as pessoas pensem sobre suas próprias vidas e descubram as coisas por si próprias.

Em outro momento da entrevista, Kerry, cujo disco de estreia solo From Hell I Rise saiu na semana passada, deixou claro que, apesar de não acreditar nessas representações religiosas, ele gosta de escrever sobre o assunto:

É por isso que, em primeiro lugar, sempre digo que sou ateu. Não acredito em nada disso. Mas não me importo de escrever sobre isso. [risos] Gosto de pensar em minhas músicas como mini roteiros que fornecem imagens em sua mente. E isso faz você pensar nas coisas, faz você pensar como se estivesse assistindo a um filme em sua cabeça. Talvez algum dia alguém invente um filme baseado em um conto de Kerry King, e essa história é minha música.

Consegue imaginar esse roteiro por aí? Veja a entrevista de King na íntegra ao final da matéria!

Kerry King revelou como soube que o Slayer iria acabar

Dias atrás, a gente te contou aqui como Kerry descobriu que o fim do Slayer estava decretado.

Na ocasião, King explicou que escreveu algumas das músicas do seu álbum solo originalmente para a lendária banda de Thrash Metal, mas foi surpreendido no final de 2019 quando o baixista e vocalista Tom Araya disse que eles não seguiriam em frente.

Kerry, em sua nova banda, tem a companhia de Mark Osegueda (vocal), Phil Demmel (guitarra), Kyle Sanders (baixo) e Paul Bostaph (bateria).

LEIA TAMBÉM: Slayer não vai gravar novas músicas ou fazer turnê após shows de reunião

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!