Pato Fu em 2023
Foto por Alexandre Biciati

Uma das bandas mais icônicas do cenário brasileiro, o Pato Fu está celebrando 30 anos de carreira e faz show em São Paulo neste final de semana para dar continuidade à turnê que começou lá em 2022, ano que em que o grupo completou suas três décadas de existência.

Formada em 1992 e com 13 discos e 5 DVDs na carreira, a banda chega à capital paulista com um show especial que acontecerá na Audio neste sábado, 18 de Maio. A performance deve trazer canções de todos os álbuns da discografia – incluindo hits como “Canção Pra Você Viver Mais”, “Sobre o Tempo”, “Perdendo Dentes”, “Antes Que Seja Tarde”, “Simplicidade”, “Depois” e “Made in Japan” e também novidades do disco 30, projeto que celebra este aniversário da banda.

Atualmente, além de Fernanda Takai (voz), John Ulhoa (guitarra), Ricardo Koctus (baixo) e Richard Neves (teclados), o Pato Fu conta também com Xande Tamietti (bateria), integrante da banda entre 1995 e 2014 que voltou à formação em 2022 para participar da nova turnê.

Antes da apresentação, o TMDQA! conversou com o Pato Fu sobre este momento da carreira e você pode conferir o resultado do papo logo abaixo. Para ir ao show deste sábado, compre seus ingressos neste link!

TMDQA! Entrevista Pato Fu

TMDQA!: O show que vai acontecer na Audio celebra Pato Fu 30. A banda tá na estrada desde 1992… como tem sido pra vocês se manterem fazendo arte e celebrando esses mais de 30 anos de banda?

Pato Fu: A gente sempre apontou pra uma carreira longa, eu acho. As escolhas que fizemos, a maneira de conduzir nossos projetos… Lá no começo fizemos uma música chamada Spoc (referência ao Spock de Star Trek) – Vida Longa & Próspera, né? Acho que já podemos comemorar termos sido bem-sucedidos nesse objetivo. E vivemos um momento muito bom, felizes com nosso status atual e com o público que cativamos e que segue nos acompanhando.

TMDQA!: O Pato Fu já produziu diversas faixas e projetos muito interessantes. Um destaque que eu gosto bastante é Música de Brinquedo, que fez bastante sucesso entre os mais jovens. Em tempos de TikTok, a gente pode esperar alguma produção do Pato Fu para esse público que consome música de uma forma diferente do que o que a gente era acostumado antigamente? Algo pensado para essas plataformas, que traga essa alma transgressora da mesma forma que o Música de Brinquedo trouxe?

Pato Fu: Eu te confesso que acho difícil pensar em algo “com a cara do TikTok”. Tem que ser rápido. Porque se demorar muito a produzir, pode ser que não exista mais, ou não seja mais a plataforma do momento. A gente se acostumou a pensar em, por exemplo, lançar um CD, sabendo que quando acabassem as gravações, CDs ainda estariam sendo vendidos por aí. Acho mais fácil adaptar algo que fazemos com naturalidade pra essas plataformas, e não tê-las como norte. Podemos deixar isso pros novos aventureiros. Nesse sentido, lançamos com o Giramundo recentemente a série audiovisual Música de Brinquedo no Nick Jr, e agora tá no Nickeloedon. Isso pra gente é novidade, essa entrada no audiovisual, produzir uma série, dedicada à tevê por assinatura e ao streaming.

TMDQA!: A gente vive um momento de reencontros, turnês de despedidas e muito mais. Mas vocês seguem firmes fazendo música há mais de 30 anos. O que a gente pode esperar do futuro da banda? E os próximos 30?

Pato Fu: Nossa turnê não é de reencontro – nunca nos afastamos, e nem de despedida, pelo contrário, é de celebração. E de novidades, músicas novas incluídas. A gente quer continuar fazendo isso enquanto tiver gás e ideias. Vamos lançar agora um álbum com a gravação do concerto que temos feito com a Orquestra Ouro Preto. Ficou lindo, nunca tínhamos feito isso, estamos muito empolgados com ele. Imagina, acordar entusiasmado para trabalhar com o projeto que sua banda de 30 anos tem para aquele dia, isso é o que nos mantém.

TMDQA!: Vocês vão ter um show bastante especial no Rock in Rio, ao lado da Penélope, reeditando a presença de ambas na edição de 2001. É também uma edição comemorativa do Rock in Rio, o que me faz pensar que é curioso como a história da música brasileira se conecta de diversas formas. 30 anos de banda, 40 anos de Rock in Rio, esse encontro no palco do festival… como vocês refletem sobre tudo isso acontecendo quase ao mesmo tempo?

Pato Fu: É o tempo, fazendo a sua parte. Tocamos em 2001, em nosso auge, e depois cedemos espaço para muitos outros artistas… Agora voltamos como parte da história, como banda que talvez possa se chamar de “clássica”. Pra mim isso é mesmo surpreendente olhando em perspectiva. O Pato Fu, aquela banda esquisita do “Rotomusic”, quem diria.

Serviço – Pato Fu 30 anos na Audio

Data: 18 de maio (sábado)
Abertura da casa: 21h
Previsão de início do show: 22h30
Classificação: 18 anos
Local: Audio
Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 694 – Água Branca – SP
Capacidade da casa: 3.200 pax
Acesso para deficientes: sim
Área PNE: sim
Local para alimentação: sim
Wifi: sim
Ingressos: https://www.ticket360.com.br/evento/28396/ingressos-para-patofu-30-anos
Horário de funcionamento bilheteria: segunda a sábado (exceto feriados) das 10h às 17h | Fechada das 13h às 14h

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!