Melle Mel, do Grandmaster Flash
Foto de Melle Mel via Shutterstock

O rapper Melle Mel, que integrou o pioneiro Grandmaster Flash & the Furious Five, foi preso na última segunda-feira (26) em Los Angeles.

A informação foi confirmada pela Rolling Stone através de registros do Departamento do Xerife do Condado de LA, que apontam que o músico foi acusado de violência doméstica e liberado após pagar uma fiança de US$50 mil (via Pitchfork).

As alegações contra Melle Mel foram feitas por uma mulher chamada Jori Jordon, que, através de um vídeo publicado no Facebook, visto pela Pitchfork, acusou o rapper de golpeá-la no olho sem motivo.

Melle Mel se pronuncia após acusação de violência doméstica

Melle Mel conversou com a Rolling Stone e declarou que ele e Jordon estavam juntos em um hotel na noite da prisão após terem participado de um segundo after depois de um pós-festa do BET Awards 2023.

O rapper apontou que Jori se recusou a sair do quarto quando ele pediu e disse que o momento em que ela supostamente sofreu a agressão foi quando ele tentou tirá-la do ambiente. Ela ainda teria pedido para que Mel a acompanhasse ao hospital.

Ele disse que, depois de recusar, a encorajou a chamar a polícia, e neste momento Jordon disse às autoridades que foi agredida pelo músico. Na entrevista, Melly acrescentou:

É muito simples. Ela disse que eu dei um soco no olho dela. Ela também disse que fez uma cirurgia no olho há um mês. Se eu tivesse dado um soco no olho dela, especialmente com anéis, ela teria um corte no olho. Teria sido bem pior. Algo aconteceu com o olho dela, mas eu não a soquei. Comigo brigando com ela e tentando afastá-la de mim para tirá-la do quarto, algo aconteceu.

O julgamento de Melle Mel ficou marcado para o dia 17 de julho.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!