Lana Del Rey na capa de Born to Die

Lana Del Rey é uma artista que costuma dividir opiniões: geralmente, ou você a ama ou a odeia.

Nesse sentido, parece que a Pitchfork vem revendo seus conceitos sobre a cantora americana, pelo menos com relação ao álbum Born to Die (2012). Isso porque o veículo postou no Twitter nesta quarta-feira (3) que alteraria a nota do disco.

Na época de seu lançamento, a Pitchfork havia dado 5.5 para o trabalho de estúdio mas, com a nota revisada, subiria a avaliação para 7.8. Uma senhora alteração! Como justificativa, a editora senior da publicação, Anna Gaca, escreveu:

É difícil descrever como a discussão em torno de Lana Del Rey foi superaquecida em 2012, quando os críticos olhavam sua persona femme fatale com cinismo e você não podia rolar um painel do Tumblr sem passar por uma coroa de flores. Mas, tarde da noite naquele verão, parti para uma longa viagem, coloquei um CD gravado no player e percebi que pegar a estrada soa como ‘Born to Die’, com toda aquela superfície lisa e brilhante e o perigo ao redor, onde você é a vítima. O futuro parece escuro como breu e você desliza direto para ele.

Lana está buscando algo: o ponto de apoio onde o medo e a dor da sexualização começam a funcionar como alavanca. Há muito espaço para erros de cálculo; algumas faixas mais fracas aparecem no final, e os vocais às vezes não são tão polidos – o melhor material da Lana no início é o EP Paradise – mas Born to Die acabou sendo um sinal do que estava por vir, como baladas Pop sem gênero com batidas de hip-hop e o langor depressivo e malicioso que é mais popular do que nunca. Sente-se e imagine por que a Lana de 2012 seria ridicularizada agora: cantar as primeiras linhas de Lolita? pedir uma ‘Pabst Blue Ribbon no gelo’?

Concorda? Você pode conferir outros discos que a Pictchfork alteraria a nota aqui.

Lana Del Rey virá ao Brasil para o MITA em SP e RJ

No final do mês, Lana desembarcará no Rio de Janeiro para se apresentar no MITA, que será realizado na capital carioca nos dias 27 e 28 de Maio. No final de semana seguinte, nos dias 3 e 4 de Junho, o festival acontecerá em São Paulo e também terá a cantora como atração.

O line-up do evento, além de Del Rey, terá Florence + The Machine como headliner. O MITA, tanto em São Paulo como no Rio de Janeiro, ainda terá shows de The Mars VoltaHAIMFlumeNX ZeroJehnny Beth e muito mais.

Vale lembrar que, nesta semana, o festival anunciou uma apresentação solo de Arthur Verocai na capital paulista como parte do MITA Day.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!