Festival Groselha tem shows de Maglore, Far From Alaska e mais em Brasília

Nos dias 22 e 29 de Janeiro acontecerão no Infinu, em Brasília, as duas últimas sessões do Festival Groselha, que une o audiovisual à música.

Em 2023, o projeto traz em sua temática o título “Blasfêmias, Filmes B e Rock’n’Roll” e é voltado aos jovens artistas alternativos e aos trabalhos autorais com dificuldades para conseguir canais de distribuição.

As bandas selecionadas para a programação dos dois próximos domingos do mês são Maglore (BA), Aloizio (DF), Far From Alaska (RN) e The Monic (SP), reforçando a temática com foco especial na produção musical nordestina, já que os dois primeiros finais de semana contaram com Mombojó (PE) e Glue Trip (PB) como principais atrações.

Segundo Miguel Galvão, idealizador do projeto que surgiu em 2017, o Groselha foi feito para mostrar que a capital do país pode ser um pólo de produção cultural:

Brasília funde influências advindas dos quatro cantos do Brasil. Por aqui, artistas e cineastas independentes produzem obras de qualidade e buscam se conectar com um público sedento por arte, em um momento de construção da identidade de uma cidade tão nova.

Miguel explica ainda que o evento é uma oportunidade de dar palco à cultura brasiliense:

Foi pensado de forma cuidadosa, observando uma oferta valiosa presente na região de muita gente fazendo coisa nova. Soma-se a essa equação uma cuidadosa curadoria de bandas alternativas locais e nacionais, que garantem uma programação de qualidade e totalmente pensada para atender a um público carente de obras autorais e fora da caixa.

Confira mais informações sobre o festival ao final da matéria!

Curadoria de curtas do Festival Groselha

O professor, DJ, artista e escritor Cláudio Bull é o curador dos filmes que estão na mostra do Groselha e contou como foi o processo de escolha dos títulos:

A ideia é criar uma consonância entre a produção dos filmes e as bandas. Eles são pensados dentro de um caráter alternativo e independente. A noção é criar uma visão macro de todo o processo da cena independente, ou seja, ela não só se constitui de música, vídeos, filmes ou poéticas isolados. Existe uma convergência de ações desses processos independentes. Da mesma forma, foi feita a curadoria de bandas. Aquele que está procurando espaço para se consolidar a partir de uma mostra bem alternativa. Porque, na maioria das vezes, as mostras de cinema são muito austera e conservadoras.

Os curtas podem ser definidos como surpresas ecléticas: tem terror, ação, animação, variedade estética e de andamento, reforçando a preocupação com a diversidade através de uma programação variada e inclusiva.

O Festival Groselha conta ainda com a Discoteca Taliban, que reúne DJ’s da cidade para apresentar pesquisa e acervos em vinil e também uma série de ações envolvendo o brechó vintage Lixo Mania.

LEIA TAMBÉM: Exclusivo: Zeca Pagodinho é anunciado como primeira atração do Festival Turá

SERVIÇO:
Groselha – Blasfêmias, Filmes B e Rock’n’Roll

Terceira Sessão 22jan (dom) a partir das 16h
+MAGLORE (BA)
+Aloizio
+DJs Discoteca Talibã [detalhes em breve]
+Curta metragens com curadoria professor Claudio Bull: “Costal”, de Ariel Pirangy @pirangy @hique.court; “Andrômeda”, de Lucas Gesser @lucas_gesser @levante_filmes; “Gay X Crente”, de Zel Junior @zeljunior e “Falta de Ar”, de Érico Monnerat @moneyrat

Quarta Sessão 29jan (dom) a partir das 16h
+FAR FROM ALASKA (RN)
+THE MONIC (SP)
+Oxy
+DJs Discoteca Talibã [detalhes em breve]
+Curta metragens com curadoria professor Claudio Bull

Informações Gerais

a) SHOWS
Meia Entrada (Solidário*/Meia**) = R$20
Inteira = R$40

Obs: sujeito a lotação!

b) CURTAS
Retirar ingresso gratuito no sympla e é só chegar!

c) Contatos / Ingressos
instagram.com/picnikbsb | instagram.com/infinubsb | https://www.sympla.com.br/groselha—filmes-b-blasfemias–rocknroll-temporada-verao-2023__1831789

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!