Slipknot lança seu aguardado novo disco
Reprodução / Twitter

O Slipknot é uma das bandas mais inventivas e cultuadas do Metal desde o fim dos anos 90, e muito disso se deve à diversidade de integrantes da banda.

Além do tradicional formato guitarra, baixo e bateria, o grupo americano também conta com DJs e percussionistas, somando nove membros no total. Vamos relembrar quem são eles?

Hoje, o Slipknot conta com Corey Taylor nos vocais, Mick Thomson e Jim Root na guitarra, Alessandro Venturella no baixo, Jay Weinberg na bateria, Shawn “Clown” Crahan e Michael Pfaff na percussão, além de Sid Wilson e Craig “133” Jones como DJs e tecladistas.

Esse time já provou que é capaz de fazer álbuns muito criativos e shows repletos de energia. Mesmo assim, alguns fãs decidiram questionar se todos os integrantes são mesmo necessários. Será que nove é demais?

Fãs discutem importância de membros do Slipknot

Em uma discussão criada no Reddit (via Ultimate Guitar), muitos fãs de Slipknot defenderam que a banda não seria a mesma sem qualquer um dos membros atuais, como foi o caso do usuário @Robert6200:

As pessoas cometem o erro de pensar apenas nas apresentações ao vivo quando pensam em nove integrantes. Na verdade, TODOS têm um papel fundamental no processo de composição e gravação.

Por outro lado, o perfil @mts21fin recebeu muitas curtidas ao dizer que apenas um percussionista e um DJ já seriam suficientes:

Vamos ser honestos, ninguém parceberia se o Slipknot lançasse um álbum sem o Pfaff. Eu sei que o Clown também não faz tanta coisa no palco, mas ele é muito importante no estúdio. O papel do Sid também é muito pequeno, é raro ouvir um ‘scratch’ dele.

O outro DJ, Craig Jones, também costuma ser criticado por alguns fãs. Mas ele ganhou elogios do fã @yerbamate91 pelo seu trabalho nos shows:

Eu tenho que dizer que o Craig é meu integrante favorito. Recentemente vi a banda ao vivo e entendi o papel dele em criar o clima entre as canções, cuidando de interlúdios e introduções. Mas na gravação dos álbuns eu acredito que ele tem pouca ou nenhuma influência.

Ex-integrantes também foram lembrados

Muitos fãs, como @agentrevenge31, aproveitaram o fórum para lembrar o baterista original Joey Jordison, falecido em 2021:

Podia sair qualquer um, menos o Joey. Ele era tão talentoso. É uma pena que ele tenha sido demitido em 2013, porque ele deu a vida à banda. O Slipknot não seria o que é hoje sem o Joey.

Outro que foi lembrado foi o ex-percussionista Chris Fehn, que tinha pelo menos um grande fã de suas performances ao vivo:

O único insubstituível é o Chris Fehn. O backing vocal dele era animal. Sinto saudades dele.

E você, recomendaria a demissão de algum integrante do Slipknot, ou acha a banda perfeita como é?

Slipknot fez duas apresentações no Brasil em 2022

Dias atrás, vale lembrar, o Slipknot trouxe pela primeira vez ao Brasil seu festival de música, o Knotfest, que aconteceu em São Paulo e já tem sua segunda edição garantida para 2023.

A banda também se apresentou no Rio de Janeiro antes de desembarcar na capital paulista – como te contamos aqui.

LEIA TAMBÉM: Ghost e Slipknot lideram listas dos melhores discos de Metal de 2022

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!