Foto por Diego Castanho / TMDQA!

Como já falamos algumas vezes por aqui nos últimos dias, o Brasil vive uma verdadeira invasão da música pesada com a METAL WEEK, semana de eventos que gira em torno do primeiro Knotfest a acontecer no país com shows de Slipknot, Bring Me the Horizon, Trivium e muito mais.

A programação já está a todo vapor e tivemos alguns shows sensacionais, como a apresentação conjunta de Slipknot e BMTH que aconteceu no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (15).

Esses shows, aliás, têm um significado especial até mesmo para os próprios membros da banda britânica, que vem cada vez mais conquistando espaço no Brasil como um dos melhores nomes modernos do Metal.

Em conversa com o TMDQA!, os integrantes Lee Malia e Jordan Fish falaram sobre a importância de um festival desse porte dedicado à música pesada e destacaram que, acima de tudo, também são fãs de Corey Taylor e companhia:

Nós mesmos somos maggots [como são conhecidos os fãs ferrenhos de Slipknot]!

E é muito legal fazer parte dessa coisa dos maggots; nós somos grandes fãs do Slipknot e é muito legal poder tocar para os fãs deles. E, bom, eles são lendários! Acho que eles são a maior banda pesada do mundo, né? Talvez com exceção do Metallica ou algo assim. Mas é isso, eles têm uma carreira bem sólida e ainda estão mandando ver, então é muito legal poder estar como banda de abertura deles. A gente não faz isso muito hoje em dia, na verdade, de abrir shows. Eu diria que o Slipknot foi uma das primeiras bandas a ser uma enorme influência pra nós, e eles são tão gigantes no mundo inteiro. É legal demais.

No papo, os músicos ainda destacaram a ambientação do Knotfest — um festival de enorme porte dedicado exclusivamente ao Metal — e chegaram a comparar o clima com um estádio de futebol, que inclusive será uma das atrações do evento uma vez que a final da Copa do Mundo entre Argentina e França acontecerá durante o festival e terá transmissão no local através de telão.

Bring Me the Horizon em São Paulo

Antes de subir ao palco da edição de estreia do Knotfest, no entanto, o BMTH se apresenta hoje (16) no Vibra São Paulo ao lado do Vended, banda que conta com filhos dos integrantes do Slipknot e entrou para substituir o Motionless in White, que adiou sua vinda ao Brasil por conta de problemas de saúde.

Com uma forte relação com o nosso país devido ao relacionamento do vocalista Oli Sykes com a brasileira Alissa Salls, a banda não descarta a ideia de entregar algumas surpresas aos fãs — como fez em show recente no Chile, onde Oli cantou até um trechinho da relíquia “Pray for Plagues” para atender aos pedidos da plateia:

Sempre estamos abertos a algo fora da curva, mas é algo que precisa passar por todos os integrantes, inclusive porque o Oli precisa pensar na sua voz e muitas vezes temos vários shows seguidos, voos e tudo mais. Então meio que tentamos equilibrar; nós adoraríamos tocar por uma hora e meia ou duas horas sempre, mas a gente sempre tenta fazer um set que é o que pensamos que vai ser bom sem pensar muito no que as pessoas querem, porque as pessoas sempre querem coisas diferentes.

Ingressos para o Show

Com ou sem surpresas, o show do Bring Me the Horizon tem tudo para ser um dos melhores do ano e uma das grandes atrações do Knotfest Brasil, que ainda tem ingressos disponíveis por este link.

Imperdível!

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!