Se você acompanha o TMDQA!, sabe que estamos em boa parte dos shows de Rock que rolam no país, dos menores aos maiores, sempre apreciando a galera que mantém o gênero vivo. Justamente por isso, é seguro dizer que o que Liam Gallagher fez em São Paulo nesta terça-feira (15) é algo que não se via já há algum tempo em apresentações deste porte.

O Espaço Unimed já estava lotado e quente por volta das 20h, uma hora e meia antes do espetáculo começar. Quando Liam e sua banda de apoio — incrível, por sinal – entraram no palco, a casa quase veio abaixo. Na grade da pista comum, mais distante, fãs se esgoelavam pelo músico, cantando cada palavra da icônica “Morning Glory”, que abriu o show. Lá no palco, Liam manteve sua pose de rockstar esnobe, mas não deixou de parecer satisfeito com o que viu.

Apesar de não ser o mais dinâmico dos frontmen de sua geração, Gallagher sabe que pode contar com a energia, paixão e fidelidade de seu público sul-americano, dado o longo histórico do Oasis com os países aqui de baixo. Os shows que fez no Chile e na Argentina antes de chegar por aqui foram apoteóticos, e os brasileiros não poderiam ficar atrás.

Continua após a foto

Liam Gallagher em São Paulo
Foto por Stephanie Hahne/TMDQA!

Além da cantoria altíssima para quase todas as músicas do setlist, a plateia que lotou as duas pistas e os camarotes também fez questão de pular, agitar coros para celebrar Gallagher e levantar bandeiras e cartazes com referência ao futebol, esporte do qual Liam é fã assumido. Esse tipo de empolgação e envolvimento direto com os shows têm se tornado cada vez mais raro para o Rock ‘N Roll, especialmente nas infames pistas Premium, onde boa parte da galera vai “só pelo rolê” — vale dizer, também, que o próprio gênero já não esforça tanto para empolgar. No espetáculo do rockstar inglês, porém, a sensação é que voltamos alguns anos no tempo.

Liam Gallagher faz parte do cada vez mais seleto grupo de grandes frontmen do Rock em atividade, e ele sabe muito bem disso. Tanto que, minutos antes de entrar no palco, seu telão o descreve como “bíblico”, “como um deus”, “espiritual”, “majestoso”, dentre tantos outros adjetivos de inflar o ego. Para alguém que segue tão disposto a carregar o legado de sua ex-banda mundo afora, parece correto afirmar que os termos são apropriados.

Repertório acertado e homenagem ao futebol brasileiro

O Gallagher mais jovem veio ao país com um presente que reservou especialmente para os brasileiros, já que os hermanos não tiveram a mesma sorte: as músicas “Some Might Say” e “Supersonic” no mesmo setlist, uma seguida da outra. Quando a segunda começou, até a extremidade da Premium, com fãs mais casuais, percebeu a sorte e cantou cada palavra. Mas o grande hino viria em seguida.

Continua após o player

Antes de emendar a atemporal “Wonderwall”, Liam Gallagher aproveitou o tempo para dedicar a música aos jogadores Gabriel Jesus e Ederson, atacante e goleiro escalados para a Seleção Brasileira na Copa e que têm relação com o Manchester City, clube do qual é torcedor.

Ao ver que a menção a Jesus acabou arrancando uma reação adversa da plateia, Liam pareceu um pouco irritado, mas superou rapidinho para cantar sua canção mais famosa. A próxima, já no bis, foi “Live Forever”, que ele dedicou para… a sua jaqueta.

Continua após o player

Agradecendo ao público, o qual também descreveu como “bíblico”, Liam encerrou sua apresentação mais legal em solo brasileiro com a belíssima “Champagne Supernova”, que arrancou lágrimas de muito marmanjo na plateia.

Agora, o músico segue para o Rio de Janeiro em uma apresentação que acontece hoje (16), no Qualistage. Os ingressos ainda estão à venda.

Confira fotos e setlist do show em São Paulo logo abaixo.

Fotos e setlist – Liam Gallagher em São Paulo

  1. Morning Glory (Oasis)
  2. Rock ‘n’ Roll Star (Oasis)
  3. Wall of Glass
  4. Everything’s Electric
  5. Stand by Me (Oasis)
  6. Roll It Over (Oasis)
  7. Slide Away (Oasis)
  8. More Power
  9. Soul Love (Beady Eye)
  10. Diamond in the Dark
  11. The River
  12. Once
  13. Some Might Say (Oasis)
  14. Supersonic (Oasis)
  15. Wonderwall (Oasis)
  16. Live Forever (Oasis)
  17. Champagne Supernova (Oasis)

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!