Nesta quinta-feira (8), a programação do Rock in Rio voltou com tudo e o dia foi marcado por grandes apresentações de artistas de destaque no cenário tanto nacional como internacional.

Algumas das bandas e artistas que chamaram a atenção do público ontem na Cidade do Rock foram a sempre ótima Francisco, El Hombre, a britânica Corinne Bailey Rae e Lia Clark.

O grupo paulista se apresentou no início da noite no Palco Supernova e, politizado, exibiu a bandeira do Movimento dos Sem Terra, levando o público que compartilha dos mesmos princípios ideológicos ao delírio.

O show da banda foi aberto pela faixa “Loucura” e não faltaram canções para todo mundo se jogar e ser feliz como “Calor da Rua” e “Tá com Dólar, Tá com Deus”. Em “Triste, Louca ou Má” foi a vez daquele momento de catarse que qualquer um que já compareceu ao show da Francisco entende.

Mais para a reta final da apresentação, as músicas “Arranca a Cabeça do Rei” e “Chão, Teto, Parede” abriram caminho para a grande roda que os integrantes promovem em seus shows. Ainda houve espaço para a plateia bradar contra o atual Presidente da República Jair Bolsonaro e, claro, gritar em favor do candidato Luiz Inácio Lula da Silva.

Corinne Bailey Rae

Corinne Bailey Rae
Crédito: Diego Castanho

Depois de estourar no final dos anos 2000 com o hit “Put Your Records On”, que no Brasil foi impulsionado na novela Páginas da Vida (2007), Corinne Bailey Rae fez sua estreia no Rock in Rio ao se apresentar no Palco Sunset antes de Jessie J.

A cantora britânica fez parte da festa do “Divino Feminino”, tema do dia de ontem no palco do Rock in Rio. Além dela e de Jessie, o quarteto de atrações foi completado pelas brasileiras Duda Beat e Gloria Groove.

Na pegada de voz e violão, o repertório do show de Corinne foi baseado no álbum de estreia que leva seu nome lançado em 2006 e nos discos The Sea (2010) e The Heart Speaks in Whispers (2016). Também teve lugar no setlist para uma versão de “Is This Love”, de Bob Marley, que contagiou a plateia.

Fora o sucesso que integrou a trilha sonora da novela de Manoel Carlos, a artista fez a plateia cantar junto, mesmo que timidamente, com “Like a Star”. Apesar do grande público não ter conhecido a maioria das músicas, não faltou vontade e simpatia em Corinne e a apresentação foi um bom motivo para a galera buscar conhecer mais sobre a cantora.

Lia Clark

Lia Clark
Crédito: divulgação

Um dos grandes nomes da diversidade artística no Brasil atualmente, Lia Clark cantou no Espaço Favela e reuniu uma multidão de gente bastante disposta e animada.

A artista dona de sucessos como “VRAU”, “Não Fui Eu”, “Doce”, “PQP! ‘(tu fez do jeito que eu queria)” e “Sentadinha Macia” botou os fãs para rebolar e discursou sobre o quanto era importante para ela estar ali naquele palco e sua emoção ao ser escalada para o Rock in Rio.

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!