Di Ferrero e Vitor Kley no Rock in Rio 2022
Foto por TMDQA!/Diego Castanho

Começou a sexta-feira do segundo final de semana do Rock in Rio e, para aquecer o público, o Palco Sunset já recebeu logo de cara uma apresentação que fez jus ao rótulo de “dia Emo” com o encontro de Di Ferrero Vitor Kley.

O vocalista do NX Zero, que lançou neste ano seu primeiro disco solo :( UMA BAD UMA FARRA :), abriu mão de ser chamado de mentor ou qualquer coisa do tipo e claramente se posicionou como um igual a Vitor, um artista mais novo que não escondeu sua admiração por Di, dizendo até que “comprava disco desse cara” e estava vivendo um “sonho duplo” por estar no festival ao lado do ídolo.

Continua após o vídeo

Apesar disso, o show mostrou que a sintonia dos dois é das melhores, em especial com a nova fase de Kley que é mais voltada ao Pop Punk, com músicas com “O Amor Machuca Demais” e a própria parceria com Di em “INTENSAMENTE”, ambas apresentadas com uma conexão fantástica entre os dois músicos.

Continua após a foto

Como foi o show de Di Ferrero e Vitor Kley no Rock in Rio 2022?

Di Ferrero e Vitor Kley no Rock in Rio 2022
Foto por TMDQA!/Diego Castanho

De forma geral, a apresentação fugiu ao padrão dos encontros do Palco Sunset. Enquanto na maioria dos casos os shows conjuntos se resumem em participações em pontos específicos, aqui ficou claro que Di e Vitor eram uma coisa só, até pelo fato de ambas as bandas de apoio dos artistas terem subido ao palco.

Ao menos pela televisão, era pouco perceptível o impacto da soma dos músicos — algo que não desmerece o show de forma alguma, ainda mais pelo efeito estético que isso traz ao palco. Para o público presente, entretanto, todo o resto parecia pouco importar já que as pessoas estavam ocupadas demais cantando todos os hits a plenos pulmões.

Continua após o vídeo

Quanto a isso, aliás, é impressionante o quanto o repertório de Vitor Kley é grande para um artista com tão pouco tempo de carreira. Com relação ao ex-NX Zero, é claro que as canções da banda, como “Cedo ou Tarde” e “Além de Mim”, são as que mais conversam com a galera, mas é também bastante notável que há uma boa parcela de gente conhecendo as músicas de seu trabalho solo.

O resultado foi um excelente show para dar início aos trabalhos de um dia tão especial para o festival, que finalmente celebra sem medo esses gêneros tão importantes para a música brasileira que são o Emo e o Pop Punk.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!