Fresno no Lollapalooza Brasil
Foto por Stephanie Hahne / TMDQA!

Nos últimos dias, a Fresno foi anunciada como uma das atrações do Rock in Rio deste ano. O feito foi descrito por Lucas Silveira como a realização de um sonho, talvez o maior da história da banda, e nós noticiamos tudo isso por aqui.

Acontece que os comentários da publicação de nossa matéria no Facebook trouxeram alguns relatos super impactantes, mostrando que realmente o preconceito contra o Emo ficou — ou deveria ter ficado — no passado. A leitora Ellen Wolf, por exemplo, deixou um comentário sobre a sua experiência como uma nova fã da Fresno:

Passei a gostar de Fresno esse ano, após ouvir o último álbum deles, o primeiro que eu ouvi com o coração e a mente aberta, longe dos meus preconceitos que adquiri na adolescência e carreguei por muitos anos. E posso dizer tranquila: é uma das maiores e melhores bandas que o Brasil tem hoje. O Lucas é um gênio, a banda toda é incrível. Me tornei fã real! Eles apareceram na Times Square no mês passado, estão de tour pelo Brasil e Europa. Definitivamente o emo venceu! Merecedores! Quem sabe a história deles, sabe do que estou falando.

Mesmo em meio a respostas positivas como essa, há aqueles que insistem em ter os mesmos comportamentos de mais de uma década atrás. Outro comentário feito por Bruno Santos já trouxe um ótimo contraponto a isso:

23 anos de carreira, álbum atual com faixas com mais de 2 milhões de [streams], tocou no último Lollapaloza, agora é Rock Rio, por isso quem tá criticando pode chorar a vontade, ajuda ainda mais ainda a deixar a banda em evidência, chorem, vocês acham que só existe a bolha da suas bandinhas de 60 anos com maluco tudo só o bagaço, não aguenta mais nem tocar ao vivo.

Você pode conferir mais relatos do tipo na seção de comentários ao final da matéria ou clicando aqui.

Fresno no Rock in Rio

Depois dos fãs da banda terem feito barulho nas redes sociais pedindo a presença do grupo no festival, a solicitação foi atendida. A Fresno se apresenta no dia 9 de Setembro, que também contará com as performances de Green Day, Avril Lavigne, Fall Out Boy, Billy Idol e muito mais.

Em seu desabafo de comemoração da escalação, Lucas disse que em 2011 “todas as bandas do nosso escritório estavam no line-up, menos a gente”. O músico descreveu a sensação naquele momento como “terrível” e disse que ligou para o ex-companheiro de banda, Esteban Tavares, para “chorar as mágoas”. Que reviravolta!

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar