Roots, disco seminal do Sepultura, completou 25 anos de lançamento no ano passado, mas foi no último domingo (7) que Max e Iggor Cavalera desembarcaram em São Paulo para celebrar a data.

Os irmãos que fundaram a banda em 1984 estão no Brasil com a turnê Return to Roots, onde tocam o álbum lançado em 1996 na íntegra. O giro de shows já passou também por Costa Rica, Colômbia, Peru e Chile e, no Brasil, por Brasília, Curitiba, Rio De Janeiro e Ribeirão Preto.

Roots foi o último disco da banda com Max nos vocais, e o sexto da discografia. Além de marcar uma virada de chave para o grupo e encerrar um ciclo, o álbum também consolidou o Sepultura e seu heavy metal fortemente brasileiro na história do gênero no mundo inteiro. O trabalho conta com a colaboração de Carlinhos Brown e dá destaque à percussão, além de abordar a marginalização da cultura indígena no Brasil.

Foi justamente com esse mote que os irmãos Cavalera subiram ao palco da Audio, e levaram a sério a volta às raízes que a turnê promete. Além do tom mais político — Iggor ostentou uma bandeira antifascista ao lado de sua bateria —, a apresentação ainda contou com a presença do cacique Cipassé Xavante, da tribo Xavante.

Foi ele quem intermediou a relação do grupos com a tribo em 1995, durante as gravações e a imersão dos músicos na temática de Roots. No palco, Cipassé fez um discurso citando respeito ao próximo e à “nossa casa”, se referindo ao meio ambiente. O momento foi seguido por gritos de “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cu!”, celebrados pelo vocalista.

Continua após a foto

Foto por Stephanie Hahne/TMDQA!

Vale citar que a noite teve dois shows de abertura grandiosos, com a banda de deathcore Sinaya e os mestres do death metal Krisiun, ambas ovacionadas pela plateia.

Após tocar o disco aniversariante na íntegra, os irmãos Cavalera — acompanhados em formação pelo guitarrista Dino Cazares (Fear Factory) e pelo baixista Mike Leon (Soulfly) — ainda chamaram Iccaro Cavalera, filho de Iggor, e Alex Camargo, baixista e vocalista do Krisiun, para uma versão pesadíssima de “Troops of Doom”, faixa dos primórdios do Sepultura. O time ainda tocou “La Migra”, música do Brujeria, banda que Dino formou no final dos anos 80.

Confira fotos da noite e o setlist completo logo abaixo! Vida longa, Roots!

Return to Roots com Max e Iggor Cavalera em SP

Setlist

  1. Roots Bloody Roots
  2. Attitude
  3. Cut-Throat
  4. Ratamahatta
  5. Breed Apart
  6. Straighthate
  7. Spit
  8. Dusted
  9. Lookaway (com trechos de “Territory” e “War Pigs”)
  10. Itsári
  11. Ambush
  12. Dictatorshit
    Bis:
  13. Troops of Doom (com trechos de “Raining Blood” e “Territory”)
  14. La Migra (Brujeria cover)
  15. Refuse/Resist
  16. Orgasmatron (Motörhead cover)
  17. Polícia (Titãs cover)
  18. Roots Bloody Roots (versão rápida)

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!