IDLES em Barcelona
Foto do IDLES via Shutterstock

Historicamente, a origem do Rock remete à fusão de três gêneros anteriores: o Blues, o Country e o Jazz.

Surgido nos anos 1950, o gênero mais rebelde da música foi impulsionado pelo sucesso de nomes como Elvis Presley e atingiu o ápice de sua popularidade na década seguinte, com a febre da Beatlemania e o frenesi em cima de John Lennon, Paul McCartney e companhia.

Já nos anos 1970, o movimento punk eclodiu e bandas como Ramones ganharam os holofotes, e nos 80 veio a era de ouro do Hard Rock, capitaneada por nomes como KISS e Guns N’ Roses.

Naquele mesmo tempo, o Heavy Metal começou a tomar força com o Iron Maiden e Metallica. Pouco depois, na década de 1990, o Grunge explodiu e o Nirvana atraiu os olhares do mundo todo.

Virada do milênio e o Rock

No início da década seguinte, o Indie passou a ter espaço e foi se solidificando como a nova vertente popular do Rock através de bandas como o Arctic Monkeys. Também nos anos 2000, o Emo atrai os mais jovens e cria todo um conceito para o subgênero a partir de nomes como Panic! At The Disco e Fall Out Boy.

A década de 2010 vira palco para bandas mais dançantes, como Two Door Cinema Club e, nos últimos anos, têm se destacado grupos como o IDLES, que retoma os elementos do Punk com inovações e experimentalismos.

Para entender melhor todas essas transformações, um vídeo mostrou a evolução do Rock de 1955 até os tempos atuais e você pode assisti-lo a seguir!

LEIA TAMBÉM: Vocalista do Avenged Sevenfold critica “falta de inovação” e “cabeça fechada” de metaleiros

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar