Esmé Bianco e Marilyn Manson
Fotos via Wikimedia Commons

Um ano após processar Marilyn Manson por agressão sexual e tráfico de pessoas, Esmé Bianco declarou a um juiz federal que o músico utilizou “seu poder e influência” para convencer os Deftones a cortá-la de um vídeo de turnê.

A nova alegação, que a atriz descreve como “interferência tortuosa”, foi feita na última quarta-feira (27) no Tribunal Federal de Los Angeles. Segundo ela, as filmagens já haviam sido concluídas, mas Marilyn conseguiu cortar suas cenas do vídeo, privando-a de uma “exposição pública significativa”.

No documento do caso, a atriz alega que “Brian Warner [o nome verdadeiro de Manson] entrou em contato com a banda e os confrontou sobre a decisão dos Deftones de trabalhar com a Sra. Bianco” e que “o réu usou seu poder e influência na indústria do entretenimento para interferir na capacidade da Sra. Bianco de continuar trabalhando com os Deftones”.

De acordo com a Billboard, os representantes de Manson não chegaram a se pronunciar sobre o caso.

Atriz processou Marilyn Manson por estupro e tráfico humano

Bianco, que ficou famosa por Game of Thrones, foi mais uma além de Evan Rachel WoodRose McGowan e outras mulheres que se envolveram com Marilyn Manson no âmbito pessoal ou profissional a contarem histórias assustadoras sobre ele. De acordo com informações da Rolling Stone, a atriz processou o roqueiro tanto por estupro quanto por tráfico humano.

Bianco também processou Tony Ciulla, o ex-empresário de Manson, pela segunda acusação.

“O Sr. Warner se utilizou de drogas, força e ameaças físicas para coagir sexualmente a Srta. Bianco em diversas ocasiões. O Sr. Warner estuprou a Srta. Bianco em Maio de 2011,” dizia um trecho do processo judicial.

Na época, Marilyn Manson afirmou que as acusações de Esmé Bianco são falsas e partem de um “ataque coordenado”, pedindo pelo arquivamento do processo.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!