John Frusciante com o Red Hot CHili Peppers

Nas últimas horas os fãs de Red Hot Chili Peppers comemoraram (e muito) o lançamento de “Black Summer”.

A primeira música com o guitarrista John Frusciante estava carregada de expectativas e, não à toa, atingiu em cheio os fones de ouvido daqueles que esperaram tanto por esse momento desde que o retorno de John foi revelado ainda em 2019.

Entre mais elogios do que críticas, também ficou claro que a marca de Frusciante está tão viva quanto nunca e que a sonoridade da banda no primeiro single do disco Unlimited Love é uma viagem por sua discografia.

Opinião Sobre “Black Summer”

Entre tantas publicações que li nas últimas horas, ficou bem claro que há pedaços de muito do que John, Flea, Anthony Kiedis e Chad Smith fizeram ao longo da carreira.

Tanto que os comentários sobre como o som parece as eras Californication, By The Way e Stadium Arcadium se acumulam aos montes, com fãs tendo opiniões distintas a respeito de como a mesma música pode soar como cada um dos três últimos álbuns do guitarrista com o grupo.

Além disso, muita gente se lembrou também de canções como “Under The Bridge”, do excelente Blood Sugar Sex Magik, e esse tipo de cenário onde comparações distintas são feitas com frequência só comprovam uma coisa: o RHCP acertou.

Continua após o vídeo

Acertou ao colocar como primeira faixa do seu álbum uma canção que solidifica tudo que a banda fez e ainda mira o futuro.

Ao divulgar a tracklist com “Black Summer” logo de cara, a banda parece deixar claro que entre as 17 faixas do álbum ainda teremos pelo menos 3 ou 4 grandes hits, como foi com o clássico Californication.

Saberemos nas próximas semanas e, claro, quando o disco sair no dia 01 de Abril, mas parece distante a ideia de que o grupo não pensaria em guardar armas potentes para o meio do álbum, conquistando ouvintes à medida que ele for se desenrolando.

“Black Summer” é um pontapé inicial que evidencia tudo que a formação clássica do quarteto já entregou à música e ainda mostra que a volta de John Frusciante deve render ótimos frutos, inclusive álbuns depois desse retorno.

Em um single, a banda conseguiu reunir passado, presente e futuro, e seu único pecado pode ser também uma virtude: soar como já soou no passado acaba afastando ouvintes do chamado “grande público” ao mesmo tempo em que agrega ainda mais a base de seguidores fieis que queria exatamente isso.

Na minha opinião, ao colocar na balança, o saldo desse primeiro gostinho é bastante positivo.

Ouça “Black Summer”

Você pode ouvir a nova música do Red Hot Chili Peppers agora mesmo acessando a playlist TMDQA! Charts, tanto na Deezer quanto no Spotify.

É só clicar nos links acima!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar