John Cooper do Skillet
Foto via Wikimedia Commons
 

John Cooper, vocalista do Skillet, deu sua opinião sobre o motivo de Deus ter “deixado” a pandemia acontecer.

Na faixa “Valley of Death”, presente no novo disco da banda, Dominion, Cooper canta sobre “não entender” os planos de Deus muitas vezes. Com isso, ele foi questionado pela Loudwire sobre o que pensa do vírus mortal.

O músico respondeu:

Bem, a primeira resposta é que não somos boas pessoas. Estamos todos caídos e todos precisamos desesperadamente de salvação por meio de Jesus. Então, nós realmente não somos bons, todos nós fazemos coisas ruins. Todos nós traímos, todos nós mentimos, somos todos gananciosos. Mesmo a pessoa mais amorosa que você encontrar no mundo, essa pessoa ainda está muito longe do que a humanidade deveria ser, e certamente muito longe de quem Deus é e da maneira que Deus realmente ama de uma maneira perfeita.

Dito isso, Cooper afirma que isso não torna as provações e problemas “mais fáceis”, e citou a morte de sua mãe como exemplo. Ele tinha 15 anos de idade quando ela morreu de câncer.

Vou terminar dizendo isso… a maioria das pessoas concordaria que, quando você passa por provações na vida, sejam elas quais forem, há essa ideia de que, no final, se você tomar boas decisões, se seguir até o fim, se você lutar por isso, você sairá mais forte do que quando começou. Acho que pessoas religiosas e não religiosas parecem concordar com a ideia de que passar pelo fogo refina o ouro, se você quiser, e é isso que o torna mais forte.

Será mesmo que a gente precisava de uma pandemia e milhões de mortes para ficarmos… mais fortes?

LEIA TAMBÉM: Busca por vacina contra COVID quadruplica em Québec após restrição de álcool e maconha para não vacinados

 
Compartilhar