Taylor Swift bate recorde com versão de 10 minutos de
Reprodução / Instagram
Ouça a nova música de Juliah!    

Taylor Swift relançou na última sexta-feira (12) o seu disco Red, de 2012, e aproveitou para bater mais um recorde em sua carreira.

Isso porque a recente versão de 10 minutos de “All Too Well”, uma das faixas favoritas dos fãs da cantora, estreou em primeiro lugar na Billboard Hot 100 e se tornou a canção mais longa a alcançar o primeiro lugar da parada (via CoS).

Anteriormente, o recorde pertencia a Don McLean com o clássico “American Pie”, canção que faz parte do disco de mesmo nome de 1972. A música tem 8 minutos e 36 segundos de duração, contra os 10 minutos e 13 segundos de Taylor.

Além da canção, a ótima estreia de Red no topo das paradas fez com que a artista se tornasse a segunda mulher com 10 ou mais discos a alcançarem o primeiro lugar em 65 anos de história. A outra é Barbra Streisand, que tem 11 trabalhos alcançando a posição.

Taylor Swift e “All Too Well”

A gravação original de “All Too Well”, lançada em 2012 por Taylor, tem duração de cinco minutos e meio e teve diversos trechos cortados da versão escrita pela artista.

Com o lançamento de Red (Taylor’s Version), Swift decidiu compartilhar a música inteira que, como muitos sabem, aborda o antigo namoro entre ela e o ator Jake Gyllenhaal. A relação ganhou os holofotes pela diferença de idade entre os dois na época.

A nova versão ainda chegou acompanhada por um curta metragem estrelado por Sadie Sink, de 19 anos de idade, e Dylan O’Brien, de 30 anos, que foi escrito e dirigido pela própria Taylor Swift.

O recém-lançado álbum de Taylor também quebrou recorde do Spotify, se tornando o trabalho mais reproduzido por uma artista feminina em um dia. Para isso, ela superou o seu próprio folklore, lançado por Swift em 2020.

LEIA TAMBÉM: John Mayer responde fã de Taylor Swift que o ameaçou: “você quer que eu morra?”