Eddie Vedder Pearl Jam no Lollapalooza Brasil
Foto por Aline Krupkoski/TMDQA!
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

Eddie Vedder lembrou recentemente do seu primeiro encontro com Joe Strummer, do The Clash.

Durante um novo episódio de I Am Mine, programa com sua participação no projeto Words + Music, o vocalista revelou alguns detalhes do dia em que teve a chance de conhecer Strummer e também Jack Irons, seu futuro colega do Pearl Jam.

A noite memorável ocorreu em 21 de Novembro de 1989, cerca de um ano antes do músico se mudar de San Diego para Seattle e começar a liderar o Pearl Jam. Vedder tocava e trabalhava em um local chamado Bacchanal, onde Strummer ia se apresentar. Sobre aquele dia, ele declarou (via Rolling Stone):

Eu não tinha ideia de que aquele dia realmente afetaria minha vida de maneiras que ninguém – bem, especialmente eu – poderia imaginar.

O cantor conta que decidiu chegar ao local mais cedo para acompanhar a passagem de som, já que acredita ser naquele momento onde acontece “o verdadeiro trabalho” de uma banda. Ele conta:

Eu realmente aprecio as passagens de som, às vezes mais do que um show, porque é onde o verdadeiro trabalho acontece, ou a comunicação real entre os membros da banda. Eles estão fazendo isso sem os olhos de uma multidão.

Quebrando as expectativas de Vedder, o único músico que apareceu para a passagem de som foi Jack Irons, que era membro fundador do Red Hot Chilli Peppers e também tocava com Strummer naquela época.

O líder do Pearl Jam relata que se apresentou para Irons quando ele deixou o palco e o baterista lhe perguntou se ele tinha bananas. Atendendo ao pedido do futuro colega de banda, Vedder conseguiu encontrar algumas bananas e aproveitou para perguntar se um bootleg do Red Hot ao vivo contava com ele na bateria ou com Cliff Martinez.

Irons disse que não conseguia se lembrar e então eles foram até o carro de Eddie, onde estava a fita. Com 30 segundos da faixa, Jack disse que era Cliff tocando e Vedder se lembrou de tudo isso aos risos:

E que generoso dele entrar com um cara jovem, no carro de um estranho, e responder a uma pergunta. Fiquei muito grato por aquele momento.

Encontro de Eddie Vedder e Joe Strummer

Falando sobre o show em si, Vedder apontou que a banda de abertura não tocou muito bem e destacou que provavelmente eles não iriam receber o pagamento naquela noite.

Como retaliação, depois que Strummer tocou as duas primeiras músicas do seu repertório, a banda de abertura conseguiu desligar a energia do local.

No momento em que o problema foi resolvido, Vedder esteva uma posição invejável: segurando a lanterna para iluminar o caminho enquanto Strummer e sua banda esperavam a energia voltar.

Enquanto estava ajudando o grupo, Strummer disse para Vedder que precisava de seda, oito baterias D para uma caixa de som e algumas bananas para o amigo, que provavelmente era Irons.

Vedder rapidamente atendeu a ordem do cantor e, se lembrando da situação, disse:

Estava apenas segurando a lanterna sobre o Joe enquanto ele bola um baseado e, em seguida, ele liga o seu som portátil, Jack está com suas bananas e os outros caras estão meio que enlouquecidos, dizendo, ‘Joe, eu acho que precisamos dar o fora dessa merda. Já passou meia hora.’ E Joe não queria ir embora, ele disse: ‘Eu não sei, são pessoas, cara. Eles vieram e nós os temos aqui, eu sou capaz de dizer, eles são do bem, temos que dar um tempo’.

Eddie ainda conta que, quando a energia voltou, já era quase meia-noite. Mesmo assim Strummer voltou ao palco e tocou por duas horas, em uma apresentação descrita pelo vocalista como “simplesmente incrível”.

Ouça o depoimento completo de Eddie Vedder no player abaixo!

 

LEIA TAMBÉM: Em vídeo, Eddie Vedder usa machado para fazer drink peculiar

Ouça a nova música de Juliah!