Liniker, Duda Beat e Tim Bernardes
Fotos: Amazon Music
 

Todo fã de música nacional, em algum momento, já se questionou sobre o conceito da sigla MPB (Música Popular Brasileira, para os leigos) e seu significado. A discussão ficou ainda mais rica com a ascensão da internet e as consequentes novas formas de se dar holofote a um artista.

Esse é o tema central do minidocumentário “Frescor MPB – O Que Está Acontecendo?“, disponível no aplicativo do Amazon Music e em seu canal oficial no Youtube.

O material explora o conceito da MPB para (muito) além da estética clássica pela qual o gênero se tornou conhecido e, assim, prova-se que rótulo é o que menos importa quando falamos de popularidade no Brasil. O documentário conta ainda com artistas importantes da atual cena dando as caras com depoimentos, histórias pessoais e até indicações de músicas. São eles: Duda Beat, Liniker, Tim Bernardes, Mahmundi, Tó Brandileone, Cícero, Anavitória, Luedji Luna e Vitor Kley.

Dirigido por Fernando Neumayer e Luís Martino, o minidoc também tem a contribuição criativa de Rubel, outro grande nome da MPB contemporânea, que assinou o argumento inicial e acompanhou todas as entrevistas com seus colegas de profissão.

Assista ao final da matéria!

Do Folk ao Piseiro, sob as mais diversas estéticas

A seleção de representantes da nova MPB é assertiva ao mostrar a ampla variedade de tipos de sons nacionais que podem impactar os diversos públicos. “O estilo musical não importa. Se amanhã eu vou fazer Rap, Axé ou Funk, tanto faz. É tudo música popular brasileira, música para as pessoas”, afirma Cícero.

Essa pluralidade de vozes e locais de fala enriquece o conteúdo com os mais diversos pontos de vista sobre o mesmo tema. Liniker, por exemplo, lembra que Efêmera (disco de estreia de Tulipa Ruiz) a inspirou a virar compositora, enquanto Vitor Kley fala sobre a abertura que os artistas têm, hoje em dia, para ser mais versáteis e ecléticos.

Já Ana Caetano e Vitória Falcão, do duo Anavitória, discorrem sobre a temática do amor e sua atemporalidade. Cada artista traz uma contribuição singular que amplia a percepção sobre a MPB, e por aí vai.

O que também encanta no minidoc é a trilha sonora, que reforça a qualidade e a inventividade da produção contemporânea. A seleção vai de “Banho de Folhas“, de Luedji Luna, até “Pra Você Dar o Nome“, do 5 a Seco, passando também por hits de Duda Beat, O Terno e mais. Clique no vídeo abaixo para ver!

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.