Adele destaca relação especial com seu aguardado disco:
Foto por Alasdair Mclellan
 

Adele está retornando ao mundo da música após seis anos do lançamento de seu último disco, 25.

A cantora britânica surpreendeu a todos no início desta semana ao anunciar a chegada do seu novo single, “Easy On Me”, que está previsto para 15 de Outubro e ganhou uma bela prévia.

Agora, estrelando a capa das edições britânica e americana da Vogue, Adele compartilhou alguns detalhes sobre o seu aguardado próximo álbum, que possivelmente se chamará 30.

A icônica artista ficou muito conhecida por abordar questões pessoais em suas músicas e neste disco não será diferente, com a exceção que, desta vez, ela pretende focar as letras nela própria e não em apontar os erros dos homens.

Adele e a abordagem do seu novo disco

Durante as entrevistas realizadas para a Vogue, Adele falou sobre o impacto negativo que seu divórcio com Simon Konecki teve em seu filho de nove anos, Angelo.

Ela lembrou de uma conversa que aconteceu quando ele tinha seis anos. Na época, o filho começou a apontar que ela parecia estar distante e isso a afetou de uma maneira muito forte. Foi a partir de conversas mais frequentes com Angelo que as bases temáticas para o seu próximo álbum começaram a surgir.

A cantora destacou que foi percebendo que sua postura naturalmente defensiva contra os homens, explorada em seus trabalhos anteriores, pode ter sido mais um problema dela do que deles. Ela disse (via NME):

Eu percebi que eu era o problema. Porque todos os outros álbuns são tipo: ‘Você fez isso! Você fez aquilo! Foda-se! Por que você não pode vir para mim?’ Então eu pensei, ‘Ah, merda, eu sou o tema recorrente, na verdade. Talvez seja eu!’

Com essa reflexão, Adele passou a enfatizar que Konecki, com quem ela tem uma boa relação, “não é um dos meus ex-namorados. Ele é o pai do meu filho”. Então, ela destacou que o álbum é mais sobre “me divorciar de mim mesma”, e explicou:

É sensível para mim, esse disco, simplesmente no quanto eu o amo. Eu sempre digo que ’21’ (2011) não me pertence mais. Todas as pessoas o levaram muito a seus corações. Eu não vou abandonar este. Este é meu álbum. Quero me compartilhar com todos, mas acho que nunca vou deixar esse ir.

Ansiedade e mudança de estilo de vida

Em outro momento da entrevista, Adele esclareceu as falsas informações que surgiram sobre sua perda de peso considerável em um período de dois anos. Ela falou que decidiu mudar seu estilo de vida para ajudar a controlar as crises de ansiedade, explicando:

Foi por causa da minha ansiedade. Malhando, eu simplesmente me sentia melhor. Nunca foi sobre perder peso, foi sempre sobre me tornar forte e me dar o máximo de tempo todos os dias sem meu telefone. Fiquei bastante viciada nisso. Eu malho duas ou três vezes por dia.

Em seguida, ela acrescentou que precisava “ficar viciada em algo para colocar minha mente no lugar” e deu uma leve alfinetada naqueles que querem acompanhar todos os passos das celebridades nas redes sociais. Ela declarou:

Poderia ter sido tricô, mas não foi. As pessoas estão chocadas porque não compartilhei minha ‘jornada’. Eles estão acostumados com as pessoas documentando tudo no Instagram, e a maioria das pessoas na minha posição teria um grande negócio com uma marca de dieta. Eu não poderia ligar menos para essa merda. Eu fiz isso por mim e por mais ninguém. Então, por que eu iria compartilhar isso? Não acho isso fascinante. É o meu corpo.

Por enquanto, Adele não revelou a data de estreia do seu próximo disco e não confirmou seu título, mas já estamos ansiosos por aqui! Confira abaixo as capas da Vogue estampadas pela cantora.

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Adele (@adele)

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Adele (@adele)

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar