Spencer Elden recria a capa de
 

Neste dia 24 de Setembro de 2021, em que o cultuado Nevermind completa 30 anos, novas notícias sobre o processo movido na justiça americana por Spencer Elden, o eterno bebê da famosa capa do álbum, foram liberadas.

A ação contra a banda surgiu no mês passado e de lá para cá tem gerado bastante repercussão na mídia. Dessa vez, Spencer está solicitando que a Universal Music remova sua genitália de todas as futuras capas que possam vir a ser lançadas em reedições do Nevermind, inclusive a recém-anunciada versão comemorativa com 70 faixas inéditas.

Em entrevista ao TMZ (via Loudwire), a advogada do jovem, Maggie Mable, afirmou que, em função das comemorações pelo aniversário do disco, seu cliente teme que seja novamente exposto ao ridículo e ao escárnio público.

Resta saber se a capa vai ser reimpressa com a genitália do bebê à mostra ou não. Vamos esperar a justiça decidir!

Spencer Elden já se incomodava com capa de Nevermind

Vale lembrar que, no passado, Elden se mostrou incomodado em relação a sua aparição na arte de capa de um dos maiores discos da história.

Apesar de falar que era interessante fazer parte da história e inclusive tê-la reproduzido aos 25 anos de idade, ele diz que passou longos anos sendo motivo de piadas por aparecer nu em uma imagem tão popular.

Agora, quer uma indenização para “reparar os danos que sofreu e continuará sofrendo durante toda a vida” e, segundo o TMZ, está pedindo pelo menos 150 mil dólares (cerca de 750 mil reais) de cada uma das partes citadas.

Estão sendo processados Dave Grohl Krist Novoselic, colegas de Kurt Cobain no Nirvana à época do lançamento de Nevermind, além dos responsáveis pela herança de Cobain. Segundo o El País, o baterista Chad Channing, que nem estava mais na banda, também é apontado como “possível réu”.

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.