James Hetfield chora com elogio de Elton John
Reprodução/YouTube
 

Elton John fez James Hetfield chorar de emoção durante uma conversa no programa de Howard Stern, na quinta-feira (9).

A aparição do Metallica no programa, que contou com a participação de Miley Cyrus, promoveu o novo disco The Metallica Blacklist. O trabalho celebra os 30 anos do Black Album, de 1991, e conta com uma série de covers.

Elton, que toca piano na cover ao lado de Cyrus, participou do papo via Zoom e se derreteu em elogios para “Nothing Else Matters”, um dos clássicos do disco:

Olha, esta é uma das melhores canções já escritas, para mim. É uma música que nunca envelhece. Eu mal podia esperar para tocar nela. A estrutura dos acordes, as melodias, as mudanças de tempo, tem drama em todos os versos.

Foi aí que Hetfield se emocionou, chegando a limpar lágrimas dos olhos enquanto ouvia o relato do músico.

Eu tenho que dizer, foi incrível tocar essa música. O Metallica é provavelmente o ‘crème de la crème’ desse tipo de banda. Você realmente não pode defini-los. Eles não são uma banda de Heavy Metal. Eles são uma banda de música. Suas músicas não são apenas Heavy Metal. São lindas canções. Esta é uma música tão melódica – é ótima pra caralho, na verdade.

Metallica reage

Enquanto o vocalista enxugava as lágrimas, Lars Ulrich respondeu:

Se você dissesse algo assim há 40 anos, quando James e eu começamos… que 40 anos depois ainda estaríamos tocando, estaríamos sentados aqui com uma das maiores estrelas no mundo ao nosso lado, com Elton no Zoom, aqui neste programa de rádio, e falando sobre as conquistas e o que esse disco significa para tantas pessoas… isso explodiria nossas mentes.

Poder ouvir o que você acabou de dizer, Elton, sentado ao lado do James… a reação que posso sentir em sua linguagem corporal quando você disse que essa é uma das melhores músicas já escritas… é simplesmente incrível de ouvir.

Assista ao emocionante vídeo desse momento abaixo e aproveite para conferir o clipe da versão de Cyrus e John para “Nothing Else Matters”, bem como o disco na íntegra.

James Hetfield chora com Elton John